Bimby,

Pão de nozes e chocolate

09:00:00 Ana Filipa Costa 9 Comments


Foi com muito prazer que recebi em casa para testar a novidade da Lindt, chocolates com sabores originais de pipoca, nougat e cheesecake cada um mais delicioso que o outro. Uma textura suave com recheios de sabor intenso, simplesmente irresistíveis!


Depois de ponderar sobre onde os usar, optei por esta receita de pão de chocolate e nozes. Imaginei que o sabor de nougat iria combinar lindamente com as nozes, e como tem uma textura bem suave, resultaria bem num pão e não me enganei.
Este pão fica super fofinho e muito saboroso, dentro da categoria de pães é dos mais simples de preparar e tirando o tempo de levedar, é relativamente rápido, não há desculpas para não experimentar! :)

Agrada a miúdos e graúdos e é perfeito para levar nas marmitas para o trabalho e/ou escola.

Fonte: "Chocolate... Simplesmente irresistível"- Bimby
 Ingredientes:

  • 100g de leite
  • 25g de fermento de padeiro fresco (ou 8g de fermente de padeiro seco)
  • 1 ovo
  • 60g de manteiga
  • 1 c.chá de açúcar
  • 250g de farinha tipo 65 (265g de tipo 55)
  • 1 pitada de sal
  • 50 g nozes picadas
  • Duas barras de chocolate Lindt "Hello my name's Crunchy Nougat"
Preparo - Modo tradicional:

  1. Aquecer o leite o suficiente para amornar e colocá-lo numa tigela. Misturar o fermento até dissolver.
  2. Juntar o ovo, a manteiga, e o açúcar e misturar bem para envolver. 
  3. Incorporar a farinha e o sal até obter uma massa elástica. 
  4. Juntar por fim as nozes e o chocolate picado, amassando até incorporar.
  5. Deixar a massa levedar em local morno (coberta com um pano), até dobrar de volume, cerca de 30 a 40 minutos.
  6. Verter a massa para uma forma rectangular (como a de bolo inglês) e deixar levedar mais 20 minutos.
  7. Levar ao forno a 200ºC por aproximadamente 30 minutos, retirar do forno e deixar arrefecer sobe uma rede antes de cortar.

Preparo - Com robot de cozinha:

  1. No copo colocar o leite e o fermento e aquecer 1 minuto, 37ºC, velocidade 2.
  2. Adicionar o ovo e a manteiga, o açúcar, a farinha e o sal e programar 2 minutos, 30 segundos, velocidade espiga.
  3. Juntar por fim as nozes e o chocolate picado e programar 20 segundos, velocidade espiga. Deixar levedar em local morno por cerca de 30 a 40 minutos ou até dobrar de volume. 
  4. Verter a massa para uma forma rectangular (como a de bolo inglês) e deixar levedar mais 20 minutos.
  5. Levar ao forno a 200ºC por aproximadamente 30 minutos, retirar do forno e deixar arrefecer sobe uma rede antes de cortar.



9 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Bolo de côco, uma receita de família

09:56:00 Ana Filipa Costa 8 Comments


Este bolo é especialmente dedicado às pessoas que, como eu, adoram côco.
Com um delicioso aroma, fofo, doce na dose certa e perfeito para acompanhar um chá tarde ou pequeno-almoço de fim-de-semana. 

É mais uma receita daquelas que "roubei" do caderninho de receitas da minha mãe. É garantido que daquele livro só saem delicias :)

Uma forma deliciosa de brindar a chegada do Outono e reconfortar a alma.
O fim-de-semana chegou e nós sabemos que fim-de-semana pede bolo não é?

Ingredientes:
  • 2 ovos
  • 250g de açúcar
  • 115g de manteiga à temperatura ambiente
  • 250g de farinha
  • 1 chávena de côco ralado
  • 1 chávena de leite
  • 1 c.chá de fermento 

Preparo - Modo tradicional:
  1. Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  2. Separar as claras das gemas, reservando as gemas. Ás claras adicionar uma pitadinha de sal e bater em castelo. Reservar.
  3. Numa tigela misturar as gemas com o acúcar e a manteiga, até obter um creme homogéneo. Aos poucos adicionar o leite e em seguida o côco e misturar bem.
  4. Por fim incorporar as claras batidas em castelo alternando com a farinha e o fermento.
  5. Untar uma forma de chaminé com manteiga e farinha e colocar dentro dela a mistura do bolo.
  6. Levar ao forno, por cerca de 30 minutos ou até que um palito inserido no meio do bolo saia limpo.

Preparo - Com robot de cozinha:
  1. Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  2. Separar as claras das gemas, reservando as gemas. Colocar as claras no copo, a borboleta e adicionar uma pitadinha de sal. Programar 3 minutos, velocidade 3 1/2. Reservar.
  3. Sem lavar o copo, retirando apenas a borboleta, colocar as gemas, o acúcar e a manteiga e programar 1 minuto, 37ºC, velocidade 3. Com a máquina em funcionamento na velocidade 3, adicionar aos poucos adicionar o leite e em seguida o côco deixando misturar bem. Por fim incorporar as claras batidas em castelo alternando com a farinha e o fermento.
  4. Untar uma forma de chaminé com manteiga e farinha e colocar dentro dela a mistura do bolo.
  5. Levar ao forno, por cerca de 30 minutos ou até que um palito inserido no meio do bolo saia limpo.





8 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Entradas,

Bruschettas de Beringela

09:00:00 Ana Filipa Costa 12 Comments


Beringelas.. há quem as adore, há quem nem as possa ver... são controversas, mas podem ser verdadeiramente deliciosas!
Confesso que não morria de amores por este legume, achava que tinha um sabor amargo, mais tarde descobri que o problema estava na forma como as confeccionava.
Ao mergulho-las em água com limão retiramos o seu trave amargo e a partir daí, torna-se um elemento bastante versátil na cozinha.

Conhecem os benefícios da beringela? Sabem como conserva-la?
Se têm estas e outras curiosidades relativamente a este legume, ou gostariam de ver outras receitas (Beringela no Forno e Salada de Beringela com tomate, hortelã e queijo feta), não podem deixar de visitar o site dos Frescos do Continente (cliquem nos produtos abaixo para serem redireccionados para lá).



A beringela é rica em fibras e contêm poucas calorias por isso é ótima para quem está a pensar numa alimentação equilibrada.
Esta receita pode perfeitamente encaixar-se nesse tipo de alimentação e para além de tudo, é muito simples de preparar!
Surpreendam-se e deliciem-se! :)


Ingredientes:

  • 1 beringela grande
  • 1/2 limão
  • 200g de mozzarella de búfula
  • 200g de queijo ralado (usei mistura de cheedar e edam)
  • 1 chávena de molho de tomate
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 c.chá de alho em pó
  • folhas de manjericão fresco a gosto
  • cerca de 20 azeitonas descaroçadas (usei pretas)
  • 1 fio de azeite

Modo de preparo:
  1. Lavar bem a beringela e cortá-la em fatias da grossura de um dedo.
  2. Mergulhar as fatias em água com o sumo de 1/2 limão e deixar repousar 5 minutos.
  3. Forrar um tabuleiro de forno com papel vegetal e em seguida dispor as fatias de beringela devidamente escorridas.
  4. Temperar com sal e pimenta a gosto e polvilhar com o alho em pó.
  5. Por cima de cada rodela, colocar uma porção generosa de molho de tomate, em seguida folhas de manjericão a gosto e por cima o queijo ralado e o de búfala (cortado em fatias finas).
  6. Fatiar as azeitonas e salpicar por cima de cada bruschetta. Regar com um fio de azeite e levar ao forno a 200ºC por cerca de 20 minutos ou até dourar.
  7. Servir como entrada, acompanhado de uma salada, ou como prato principal acompanhada de  arroz.






12 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Natal,

Bacalhau fresco estilo Wellington com linguini de cenoura e legumes salteados

09:00:00 Ana Filipa Costa 8 Comments


Foi com enorme prazer que aceitei o desafio da IGLO e do chefe Tiago Bonito (chefe executivo do restaurante Lisboeta na Pousada de Lisboa), para criar uma receita com as novas tranches inteiras de bacalhau fresco.
Adoro desafios assim, em que temos liberdade para criar o que quisermos sobre um produto específico!



O bacalhau é o peixe mais icónico da gastronomia portuguesa e, num país onde o bacalhau seco é rei, a IGLO volta a inovar com o lançamento da nova tranche inteira de bacalhau fresco, pescado em alto mar e congelado com toda a qualidade. Ideal para toda a família!

Apelidado de “fiel amigo” dos portugueses, diz-se existirem 1001 maneiras de o cozinhar!

Este bacalhau tem tem um sabor suave, e uma textura mais delicada (quando o comparando com o bacalhau seco), o que o torna bastante versátil.
O facto de ser uma tranche limpa e pronta a usar, torna-o também bastante prático.

A receita foi bastante apreciada aqui em casa, e certamente repetiremos no futuro.

#igloportugal #bacalhaufresco #CesarCastro

Ingredientes:
  • Tranche inteira de bacalhau Iglo (430g)
  • 200g de queijo creme para barrar
  • 70g de presunto de fatias
  • 1 raminho de cebolinho (10g)
  • 1 raminho de tomilho fresco (10g)
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 malagueta
  • 1 lima
  • 1 embalagem de massa folhada rectangular
  • 1 ovo
  • 300g de brócolos
  • 1 alho francês (só a parte branca)
  • 1 cenoura grande
  • 150g de cogumelos frescos
  • 2 alhos
  • 2 c.sopa de manteiga
  • 1 fio de azeite
Modo de Preparo:
  1. Começar por preparar a marinada de queijo. Numa tigela colocar o queijo creme, 2/3 do  cebolinho, 2/3 do tomilho, 1 dente de alho finamente picado, sumo e raspa de meia lima, a malagueta sem sementes finamente picada e temperar com sal a gosto. Envolver tudo muito bem até obter uma mistura homogénea.
  2. Preparar a tranche de bacalhau (deverá estar completamente descongelada), cobrindo a parte superior com metade da mistura de queijo e em seguida dispor as fatias de pressentido de forma a cobrir todo o peixe (ver fotos abaixo).
  3. Virar o peixe, cobrir com a restante mistura de queijo e embrulhar com presunto.
  4. Envolver o peixe embrulhado em queijo e presunto em celofane, apertar de forma a manter formato e levar ao frigorífico enquanto prepara os legumes.
  5. Para fazer o linguini, descascar a cenoura e com o auxílio de um descascador de legumes, cortar fatias finas da cenoura. Reservar.
  6. Lavar bem os brócolos e cortar em floretes pequenos. Cortar o alho francês em rodelas e juntar aos brócolos.
  7. Levar uma panela ao lume com água até levantar fervura. Nesse momento, juntar a cenoura fatiada, os brócolos e o alho francês e deixar ferver cerca de 3 minutos. Retirar do lume, escorrer a água e reservar.
  8. Retirar o peixe do forno, remover o celofane e envolver com a massa folhada, de maneira a formar um embrulho completamente selado, não deverá ficar peixe à vista.
  9. Num tabuleiro de forno, colocar uma folha de papel vegetal, por cima colocar o peixe embrulhado em massa folhada e pincel-lo com gema de ovo. 
  10. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC por cerca de 30 minutos ou até dourar a massa folhada.
  11. Enquanto o peixe coze no forno, salteie os legumes num fio de azeite, adicionando um alho finamente picado, os cogumelos laminados e sumo de meio limão. Tempere com sal e pimenta a gosto e antes de servir, adicione duas colheres de sopa de manteiga.
  12. Servir o peixe com os legumes salteados.






8 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Parcerias,

Vamos falar de romãs

16:00:00 Ana Filipa Costa 3 Comments


Todos os meses, o Continente dá destaque a 4 produtos frescos, geralmente uma fruta, um legume/vegetal, uma carne e um peixe.

Para este mês temos os seguintes frescos (clica para veres mais detalhes desde receitas, modo de conservação e algumas curiosidades):

Destes 4 exemplares, o meu favorito é sem dúvida a romã.
Não só é uma fruta deliciosa, como é linda e de cores intensas.

A romã é considerada uma infrutescência, símbolo da fecundidadee da fertilidade uma vez que possui uma grande quantidade de sementes. Originária da Pérsia ou do Irã, considerada uma relíquia sagrada da natureza, a romã é utilizada desde a antiguidade e simboliza o amor, a vida, a união, a paixão, o sagrado, o nascimento, a morte e a imortalidade.

Por norma não a costumo cozinhar pois gosto do seu sabor ao natural, mas é um excelente acompanhamento nas saladas (quentes ou frias) e sobremesas.
Tratando-se de um fruto rico em vitamina C e polifenóis, é ótimo para reforçar o sistema imunitário e nos preparar para a "estação das gripes" e alergias (se são como eu sofrem com as ditas cujas na Primavera e no Outono).
Para além disso, é rica em fibra e antioxidantes.

Conheço muitas pessoas que têm uma "malapata" com esta fruta pois consideram o seu consumo muito trabalhoso (devido aos caroços).
Se a quiserem consumir em sumo, por exemplo, batas tratarem-na como as laranjas e limões, nada mais simples, e quase nem se vão lembrar do pormenor dos caroços.

Deixo-vos também uma receita que partilhei há algum tempo por aqui onde a romã foi a adição exótica a um prato simples.

Usem e abusem desta fruta, pois para além de deliciosa é muito benéfica para a nossa saúde!

-
Truque para fazer sumo
de romã aqui
Rolinhos de peixe de fiambre, queijo e espinafres com molho
agridoce de romã.
Receita aqui 



3 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Pãezinhos de Alho [receita em vídeo]

01:54:00 Ana Filipa Costa 10 Comments


Adoro fazer pães! Quer sejam doces ou salgados, há algo de terapêutico no processo de amassar o pão, para além de que me dá um gozo tremendo ver o resultado final, já para não falar do sabor, sim porque como boa portuguesa que sou, não dispenso o meu pãozinho!

Estes pães reúnem todas as condições para deixar a vossa família e amigos rendidos!
Sabem aqueles pães de alho que pedimos em pizzarias, e que são super fofinhos e muito saborosos?
Estes são assim, de lambuzar os dedos e pedir bis :)

São ótimos para levar para festas, para servir em jantares/almoços de família ou entre amigos pois rendem bastante.
O fim-de-semana chegou e eu diria que esta é a receita ideal para o celebrar!



Ingredientes:
  • 800g de farinha (se usarem do tipo 55 acrescentem mais 30g)
  • 7g de fermento de pão seco
  • 3 c.chá de sal
  • 550ml de água tépida
  • 8 dentes de alho
  • 1 raminho de salsa
  • 1c.chá de pimenta Caiena (opcional)
  • raspas de 1 limão
  • 350g de manteiga à temperatura ambiente

Preparo - Modo Tradicional:
  1. Numa tigela funda, misturar a farinha com o fermento e 1c.chá de sal.
  2. Abrir uma cova no centro da tigela e aos poucos incorporar a água.
  3. Sovar a mistura por cerca de 10 minutos, até que seja possível formar uma bola elástica.
  4. Deixar a massa repousar/levedar por 1 hora em local morno.
  5. Entretanto, preparar a mistura de manteiga começando por descascar e picar finamente os dentes de alho (usei um espremedor), colocando em seguida numa tigela.
  6. Picar finamente a salsa e juntar ao alho.
  7. Adicionar as raspas do limão, 1 c.há de sal e pimenta Caiena. 
  8. Por fim juntar a manteiga (que deverá estar à temperatura ambiente para facilitar no momento de incorporar) e envolver bem.
  9. Untar um tabuleiro grande com 1/3 da mistura de manteiga.
  10. Com a massa já levedada, formar pequenas bolas (rende cerca de 36 bolas), e dispo-las no tabuleiro.
  11. Barrar mais 1/3 da manteiga sobre os pãezinhos e deixar repousar/levedar por mais um hora.
  12. Salpicar com o restante sal e levar ao forno a 180ºC por cerca de 30 minutos ou até ficarem dourados.
  13. Quando retirar do forno, barrar com um pouco da mistura de manteiga e servir de imediato.
  14. Nota: Caso sobre manteiga, poderão conservá-la, embrulhada em papel vegetal, no frigorífico. Poderá ser usada em outros preparados culinários como refogados, tempero de carnes e peixes e afins.
Preparo - Com robot de cozinha:
  1. No copo colocar a água e o fermento e programar 2 minutos, 37ºC, velocidade 1.
  2. Adicionar a farinha e o sal e programar 3 minutos, velocidade espiga.
  3. Retirar a massa do copo, colocar numa tigela, tapar com um pano e deixar a massa repousar/levedar por 1 hora em local morno.
  4. No copo limpo, colocar os alhos descascados e a salsa e programar 10 segundos, velocidade 4. Com o auxílio da espátula raspar as bordas do copo e programar mais 10 segundos, velocidade 4.
  5. Adicionar as raspas do limão, 1 c.há de sal e pimenta Caiena e a manteiga e programar 30 segundos, velocidade 3.
  6. Untar um tabuleiro grande com 1/3 da mistura de manteiga.
  7. Com a massa já levedada, formar pequenas bolas (rende cerca de 36 bolas), e dispo-las no tabuleiro.
  8. Barrar mais 1/3 da manteiga sobre os pãezinhos e deixar repousar/levedar por mais um hora.
  9. Salpicar com o restante sal e levar ao forno a 180ºC por cerca de 30 minutos ou até ficarem dourados.
  10. Quando retirar do forno, barrar com um pouco da mistura de manteiga e servir de imediato.
  11. Nota: Caso sobre manteiga, poderão conservá-la, embrulhada em papel vegetal, no frigorífico. Poderá ser usada em outros preparados culinários como refogados, tempero de carnes e peixes e afins.
Receita adaptada do livro "As Receitas que nos fazem Felizes" de Jamie Oliver 





10 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Bolinhos com pepitas de chocolate, gelado e molho de chocolate

11:20:00 Ana Filipa Costa 8 Comments


De regresso ao Blog depois de umas (deliciosas) férias!
As saudades que eu já tinha deste meu cantinho :)

Na verdade já voltei há algum tempo, mas o ritmo pós férias é sempre mais lento e insiste em não ir embora. Habituamo-nos muito facilmente à boa vida!

Descansei, passeei, fui até à praia, comi bem, fiz tudo o que tinha direito e tudo o que entra na definição de férias, estou de baterias carregadas até pelo menos ao fim do ano! :)

As vossas férias foram boas? Espero que sim.

Para retornar às receitas, optei por algo doce, simples e descomplicado.
Visitas inesperadas para jantar? Gostavam de fazer um brilharete com a sobremesa e estão sem ideias? Esta receita é para vocês.
Uma mistura entre petit gateau e biscoito, rápido de preparar e muito saboroso.
O gelado pode ser qualquer um, eu normalmente tenho sempre uma caixa de galado de nata ou baunilha no congelador, para momentos SOS ou simplesmente para matar desejo de gelado, e na minha opinião nesta sobremesa são os sabores que melhor combinam.

Enquanto comem o jantar, a sobremesa está no forno e quando servirem, o contraste do bolinho quente (macio por dentro e ligeiramente crocante por fora) com o gelado, vai ser sucesso garantido!
Se quiserem podem adicionar uns frutos vermelhos para quebrar o doce da sobremesa, foi o que fiz e adorei!

Ingredientes:

  • 80g de manteiga amolecida
  • 1 ovo
  • 180g de farinha
  • 1 c.chá de fermento
  • 100g de chocolate negro
  • 50 g de açúcar  branco
  • 60 g de açúcar amarelo
  • Gelado a gosto
  • Molho de chocolate

Preparo - Modo Tradicional:

  1. Picar o chocolate grosseiramente.
  2. Misturar todos os ingredientes líquidos e incorporar aos poucos os secos até obter uma mistura homogénea.
  3. Colocar a mistura num tabuleiro de muffins forrado com forminhas de papel (rende de 6 a 8 bolinhos).
  4. Levar ao forno a 180ºC de 15 a 20 minutos (deverão dourar mas ficar ainda um pouco moles - mesma lógica das bolachas). Retirar o tabuleiro do forno e sem desenformar, ainda quentes, pressionar o centro de cada bolinho com a parte de baixo de uma chávena de café, de maneira a formar uma pequena cova para colocar um pouco de gelado. Regar com molho de chocolate e servir de imediato.

Preparo - Com robot de cozinha:

  1. No copo colocar o chocolate e dar alguns golpes de turbo para picá-lo.
  2. Adicionar os restantes ingredientes no copo e programar 30 segundos, velocidade 4.
  3. Colocar a mistura num tabuleiro de muffins forrado com forminhas de papel (rende de 6 a 8 bolinhos).
  4. Levar ao forno a 180ºC de 15 a 20 minutos (deverão dourar mas ficar ainda um pouco moles - mesma lógica das bolachas). Retirar o tabuleiro do forno e sem desenformar, ainda quentes, pressionar o centro de cada bolinho com a parte de baixo de uma chávena de café, de maneira a formar uma pequena cova para colocar um pouco de gelado. Regar com molho de chocolate e servir de imediato.




8 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)