Bimby,

Broa de Milho

10:23:00 Ana Filipa Costa 11 Comments


Como boa portuguesa que sou, gosto muito do meu pãozinho, e raramente o dispenso.
Sim tem glúten, sim engorda, mas eu não me ralo mesmo nada com essas coisas. É como diz o ditado... "Perdoa-se o mal que faz pelo bem que sabe". 😊

A Broa de Milho em particular, gosto muito de comer com queijo, a combinação de sabores agrada-me bastante.
O cuidado especial a ter ao usar farinha de milho é que a mesma deve ser escaldada, esse é o "truque". Se não o fizerem, o resultado não é o mesmo.
Esta receita não é de todo trabalhosa,  o única questão é o tempo de espera no momento de levedar a massa, mas no que toca a pães, essa parte é quase inevitável.

Experimentem fatiar a broa e torrar as fatias antes de servir, uma verdadeira delícia!

Espero que gostem!

*Receita do Livro Bimby As receita essenciais*
Ingredientes:
Levedura
  • 100g de água
  • 1/2 saqueta de fermento seco (aproximadamente 5g)
  • 50g de farinha de trigo
  • 1 c.chá de açúcar
Broa
  • 300g de água
  • 250g de farinha de milho
  • 30g de azeite
  • 1 c.chá de sal
  • 100g de farinha de trigo

Preparo - Modo Tradicional:
  1. Começar por preparar a levedura, colocando todos os ingredientes da mesma numa tigela e misturando bem para envolver. Tapar e esperar que dobre de volume.
  2. Para preparar a broa, colocar numa tigela a água fervida e adicionar a farinha de milho de forma a escaldá-la. envolvendo com uma colher. Deixar arrefecer.
  3. Quando a massa estiver morna, juntar a massa da levedura, o azeite, o sal e a farinha de trigo e amassar bem por pelo menos 5 minutos.
  4. Polvilhar com farinha de trigo, fazer uma bola e colocar no tabuleiro polvilhado com farinha e deixar que dobre de volume. Levar ao forno pré-aquecido a 220ºC cerca de 50 a 60 minutos.
Preparo - Com robot de cozinha:
  1. Começar por preparar a levedura, colocando todos os ingredientes da mesma no copo e programando 10 segundos, velocidade 3. Retirar para uma taça e esperar que dobre de volume.
  2. Para preparar a broa, colocar no copo a água e programar 3 minutos, 100ºC, velocidade 1.
  3. Adicionar a farinha de milho e programar 1 minuto, velocidade 3. Retirar o copo da base e deixar arrefecer.
  4. Quando a massa estiver morna, juntar a massa da levedura, o azeite, o sal e a farinha de trigo e programar 4 minutos, velocidade espiga.
  5. Retirar a massa, polvilhar com farinha de trigo, fazer uma bola e colocar no tabuleiro polvilhado com farinha e deixar que dobre de volume. Levar ao forno pré-aquecido a 220ºC cerca de 50 a 60 minutos.



11 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Bolo de chocolate e caramelo salgado... e os meus 29!

11:25:00 Ana Filipa Costa 8 Comments


No passado fim-de-semana foi dia de festa aqui em casa. Comemorámos o meu aniversário de nascimento e também o nosso aniversário de namoro. Dia 20 de Novembro é um dia duplamente especial aqui em casa. 😊
Digo muitas vezes que o tempo voa, e é quando olho para trás que vejo como é verdade!
Em miúda suspirava pelos 18 anos, assim já poderia tirar a carta, ser independente, ir a sítios onde só os crescidos podiam ir... e o tempo custava a passar, parecia que nunca mais lá chegava... De repente fiz os 18, fiz tudo aquilo que imaginava e sonhava fazer quando lá chegasse e subitamente, não sei muito bem como, já estou quase nos trinta!
Não, não estou com crises dos "intas" nem nada que se pareça, apenas constato que o tempo passa realmente depressa!

Já fiz e passei por tantas coisas...momentos felizes, momentos tristes, pessoas que passaram pela minha vida... as que ficaram, as que partiram/afastaram-se, os ensinamentos que me deram, que um dia vou passar aos meus... é a vida ao seu ritmo alucinante, e dela faço um balanço positivo. Sou feliz, faço por ser feliz, estou rodeada de pessoas que amo e sinto-me preenchida!
Tenho os meus sonhos que aos poucos vou realizando e assim vamos andando, dia-a-dia, ano-a-ano.

Um dos meus projectos é este cantinho que me trás momentos muito felizes e já me permitiu até conhecer pessoas muito especiais e queridas, daquelas que sentimos que conhecemos há anos e com as quais podia ficar a falar por horas a fio sem me cansar.

Este bolo é uma forma simbólica de festejar não só o meu aniversário, mas também de agradecer, agradecer a vida que tenho, as pessoas que a mesma já me permitiu conhecer e que sei que ainda me permitirá conhecer no futuro e a vocês que estão desse lado e acompanham de perto este projecto.
Sim hoje estou nostálgica... deve ser coisa da idade 🙈

Deliciem-se com este bolo de chocolate intenso e muito guloso e aproveitem a vida ao máximo! Hoje e sempre!

⇝Ingredientes:
Bolo
  • 250g de manteiga sem sal mas manteiga para untar a forma
  • 250g de chocolate (70% cacau)
  • 150ml café
  • 225g farinha 
  • 1 c.sopa rasa de fermento
  • 250g de açúcar amarelo
  • 250g de açúcar mascavado
  • 2c.sopa de cacau em pó
  • 100ml de leitelho (misturar o leite com uma c.sopa de sumo de limão ou vinagre e deixar repousar 15 minutos)
  • 4 ovos grandes
Caramelo Salgado
  • 200g de açúcar
  • 50g de manteiga
  • 75ml de natas
  • 1/2 c.chá de sal marinho
Ganache de chocolate
  • 50g de chocolate (70% cacau)
  • 50ml de natas
Decoração
  • Suspiros, podem ver a receita aqui - dividi a massa dos suspiros em três partes iguais, numa parte misturei umas gotas de corante vermelho, noutra duas c.sopa de cacau em pó e a última mantive simples, desta forma obtive suspiros de 3 cores distintas.

⇝Preparo - Modo Tradicional:

  1. Começar por preparar o caramelo salgado, que poderá ser preparado com uns dias de antecedência e conservado no frigorífico (inclusive, se sobrar caramelo, poderão conservá-lo no frigorífico durante uma semana). Numa panela grande, colocar a água e o açúcar, sem mexer, levar ao lume médio, abanando a panela para que todo o açúcar caramelize por igual. Deixar a mistura ferver até obter um tom de caramelo dourado. Remover do calor e juntar a manteiga e as natas (tomem muito cuidado nesta fase, pois a adição dos líquidos ao caramelo quente faz a mistura borbulhar e solta vapores, o que pode causar queimaduras). Mexer bem a mistura até que todos os ingredientes fiquem bem incorporados e adicionar então o sal. Deixar arrefecer completamente antes de usar (se tiver optado por fazer o caramelo com uns dias de antecedência, remova-o do frigorífico e deixe atingir a temperatura ambiente antes de usar).
  2. Para o bolo, pre-aquecer o forno a 150ºC. Untar com  manteiga e enfarinhar, com cacau em pó, duas ou três formas de bolo redondas, sem chaminé, de 23 cm (fiz em três formas, mas resulta igualmente bem em duas formas).
  3. Numa panela, colocar o chocolate partido em pedaços, a manteiga, o café e uma pitada de sal e levar a derreter em lume brando, mexendo ocasionalmente para não queimar.
  4. Num tigela, misturar a farinha e fermento com os açúcares e o cacau.
  5. Adicionar o leitelho à mistura de chocolate e depois adicionar os ovos batidos com um garfo.
  6. Adicionar a mistura de secos e misturar bem até incorporar todos os ingredientes. Dispor a mistura nas formas e levar a cozer por 30 a 40 minutos, ou até que um palito inserido no centro do bolo saia limpo. Deixar os bolos arrefecerem na forma por 10 minutos antes de desenformar para que arrefeçam completamente.
  7. Preparar a ganache, colocando num pequeno tacho as natas, e levando ao lume até ao ponto antes de começarem a ferver. Dispor as natas quentes sobre o chocolate partido em pedaços pequenos, deixar repousar 1 a 2 minutos e mexer bem para que envolver os ingredientes. 
  8. Com a ganache ainda morna, dispor 1/3 sobre um dos bolos, e sobre esse mesmo bolo colocar algumas colheres de caramelo (se estiver muito sólido, podem aquecer no microondas uns segundos para tornar a mistura mais fácil de manusear). A restante ganache, deverá arrefecer totalmente. Quando a ganache estiver completamente fria, bater com a batedeira até que comece a ficar mais densa e cremosa.
  9. Cobrir o o primeiro bolo já com ganache e caramelo com o segundo bolo, sobre o mesmo colocar mais umas colheradas de caramelo e sobre o caramelo, dispor os 2/3 de ganache batida.
  10. Decorar o bolo com os suspiros a gosto.

⇝Preparo - Com robot de cozinha:

  1. Começar por preparar o caramelo salgado, que poderá ser preparado com uns dias de antecedência e conservado no frigorífico (inclusive, se sobrar caramelo, poderão conservá-lo no frigorífico durante uma semana). Numa panela grande, colocar a água e o açúcar, sem mexer, levar ao lume médio, abanando a panela para que todo o açúcar caramelize por igual. Deixar a mistura ferver até obter um tom de caramelo dourado. Remover do calor e juntar a manteiga e as natas (tomem muito cuidado nesta fase, pois a adição dos líquidos ao caramelo quente faz a mistura borbulhar e solta vapores, o que pode causar queimaduras). Mexer bem a mistura até que todos os ingredientes fiquem bem incorporados e adicionar então o sal. Deixar arrefecer completamente antes de usar (se tiver optado por fazer o caramelo com uns dias de antecedência, remova-o do frigorífico e deixe atingir a temperatura ambiente antes de usar).
  2. Para o bolo, pre-aquecer o forno a 150ºC. Untar com  manteiga e enfarinhar, com cacau em pó, duas ou três formas de bolo redondas, sem chaminé, de 23 cm (fiz em três formas, mas resulta igualmente bem em duas formas).
  3. No copo, colocar o chocolate partido em pedaços, a manteiga, o café e uma pitada de sal e programar 10 minutos, 50 ºC, velocidade 2.
  4. Num tigela, misturar a farinha e fermento com os açúcares e o cacau.
  5. Com a máquina na velocidade 3, adicionar o leitelho à mistura de chocolate e depois adicionar os ovos batidos com um garfo. Adicionar a mistura de secos e misturar bem até incorporar todos os ingredientes. Dispor a mistura nas formas e levar a cozer por 30 a 40 minutos, ou até que um palito inserido no centro do bolo saia limpo. Deixar os bolos arrefecerem na forma por 10 minutos antes de desenformar para que arrefeçam completamente.
  6. Preparar a ganache, colocando no copo limpo as natas e programando 5 minutos, varoma, velocidade 1. Dispor as natas quentes sobre o chocolate partido em pedaços pequenos, deixar repousar 1 a 2 minutos e mexer bem para que envolver os ingredientes. 
  7. Com a ganache ainda morna, dispor 1/3 sobre um dos bolos, e sobre esse mesmo bolo colocar algumas colheres de caramelo (se estiver muito sólido, podem aquecer no microondas uns segundos para tornar a mistura mais fácil de manusear). A restante ganache, deverá arrefecer totalmente. Quando a ganache estiver completamente fria, colocar no copo, juntamente com a borboleta e programar na velocidade 3 até que a mistura fique volumosa e cremosa.
  8. Cobrir o o primeiro bolo já com ganache e caramelo com o segundo bolo, sobre o mesmo colocar mais umas colheradas de caramelo e sobre o caramelo, dispor os 2/3 de ganache batida.
  9. Decorar o bolo com os suspiros a gosto.





8 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Bolo de castanhas

08:30:00 Ana Filipa Costa 14 Comments





Quando penso em Outono, inevitavelmente penso em castanhas.

Lembro-me em miúda, quando vinha a pé da escola, do cheiro de castanhas assadas na rua.
O Filipe das castanhas, como era conhecido por todos na cidade, percorria as ruas do Montijo a vender castanhas assadas, quente e boas! Nessa altura nem era assim grande apreciadora de castanhas (hoje em dia a conversa é outra), preferia os caramelos que ele vendia, que eram uma verdadeira delícia, mas aquele cheiro ficou-me na memória e ficará para sempre ligado a uma fase feliz da minha vida.

O Filipe das castanhas já não está entre nós... mas a sua memória permanece nas ruas da cidade e nesta altura do ano é lembrado com um carinho especial.

Hoje em dia adoro castanhas, e comê-las assadas ou cozidas com erva doce é como mais aprecio, no entanto adoro provar combinações e sei que este fruto é muito versátil.
Gosto de pudim de castanhas, assadas no forno com carne e batatas, e em bolos.
E é precisamente uma receita de bolo que vos trago hoje. Simples, sem glúten, leve e fofinho, uma verdadeira delícia!

Aconselho vivamente a experimentarem!

A castanha é um dos frescos do Continente do mês de Novembro. Estes mês os frescos são dedicados aos aromas do Outono, e os eleitos foram o Peru, a Castanha, a Truta e o Agrião.

Ingredientes:
  • 300g de castanhas com casca
  • 4 ovos + 1 clara
  • 150g de açúcar + 2 c.sopa
  • 1 c.chá de fermento
  • 1 c.chá de essência de baunilha
  • uma pitada de sal
  • 200ml de natas
Preparo - Modo Tradicional:
  1. Golpear as castanhas, colocá-las num tacho, cobrir com água, adicionar uma pitada de sal e cozinhar por 15 a 20 minutos.
  2. Escorrer a água, retirar a casca e pele das castanhas e tritura-las (com robot de cozinha ou ralador de amêndoas). Reservar
  3. Bater 4 claras em castelo, com uma pitada de sal e reservar.
  4. Pré-aquecer o forno a 180ºC. 
  5. Untar uma forma rectangular com manteiga e forrar com papel vegetal.
  6. Bater as gemas e o açúcar por pelo menos 10 minutos até que fiquem leves e fofasAdicionar o fermento, a essência de baunilha e as castanhas e misturar bem. Adicionar 1/3 das claras em castelo, mostrando bem para que torne a mistura menos espessa.
  7. Com o auxílio da espátula envolver as restantes claras cuidadosamente para não perder muito ar.
  8. Dispor a massa na forma untada e levar ao forno 180ºC por 20 minutos ou até que esteja dourado e um palito inserido no interior do bolo saia limpo. Retirar do forno, desenformar, retirar o papel vegetal e deixar arrefecer.
  9. Numa tigela bater a clara em castelo e adicionar aos poucos as 2 c.sopa de açúcar misturando bem. Reservar.
  10. Bater as natas em ponto de chantilly e adicionar aos poucos à clara batida em castelo. 
  11. Dispor o creme sobre o bolo já frio e servir. Decorei com raspas de chocolate, mas é opcional.
Preparo - Com robot de cozinha:
  1. Golpear as castanhas, colocá-las no copo, cobrir com água, adicionar uma pitada de sal e programar 15 minutos, 100ºC, velocidade 1.
  2. Escorrer a água, retirar a casca e pele das castanhas e voltar a colocá-las no copo limpo e seco.
  3. Programar 1 minutos, velocidade 9 e reservar.
  4. No copo limpo, colocar a borboleta e 4 claras com um pitada de sal e programar 5 minutos, velocidade 3 e 1/2, reservar as claras.
  5. Pré-aquecer o forno a 180ºC. 
  6. Untar uma forma rectangular com manteiga e forrar com papel vegetal.
  7. No copo, ainda com a borboleta, colocar as gemas e o açúcar e programar 10 minutos, 37ºC, velocidade 4. Adicionar o fermento, a essência de baunilha e as castanhas e programar 30 segundos, velocidade 3. Com a máquina em funcionamento, na velocidade 3, adicionar 1/3 das claras em castelo.
  8. Com o auxílio da espátula envolver as restantes claras cuidadosamente para não perder muito ar.
  9. Dispor a massa na forma untada e levar ao forno 180ºC por 20 minutos ou até que esteja dourado e um palito inserido no interior do bolo saia limpo. Retirar do forno, desenformar, retirar o papel vegetal e deixar arrefecer.
  10. No copo limpo e seco, colocar a borboleta e a clara de ovo e programar 2 minutos, velocidade 3 e 1/2, adicionar 2 c.sopa de açúcar e programar 1 minuto, velocidade 3. Reservar.
  11. Limpar e secar bem o copo e adicionar a borboleta e as natas. Programar progressivamente até à velocidade 4, sem o copo de medida, até que as natas fiquem no ponto de chantilly. Adicionar aos poucos, pelo bocal, a clara em neve até que a mistura esteja bem incorporada.
  12. Dispor o creme sobre o bolo já frio e servir. Decorei com raspas de chocolate, mas é opcional.





14 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Carne,

One Pot Pasta de Peru, Cogumelos e Espinafres [Receita em Vídeo]

17:52:00 Ana Filipa Costa 11 Comments


Gosto muito de pratos de massa, e dificilmente consigo escolher um favorito.
Já experimentei das mais variadas formas, com as mais variadas combinações de sabores e arrisco dizer que gostei de todas elas sem excepção!

É o tipo de comida que até quem não sabe cozinhar, ou simplesmente não tem muito gosto/paciência, recorre, pois é simples e saborosa.
Um prato que anda na moda, precisamente pela sua praticidade, é o One Pot Pasta, que nada mais é do que "jogar" todos os ingredientes para dentro da panela, e deixar cozinhar até que a massa esteja no ponto.

Já há uns tempos partilhei convosco uma receita do género que podem consultar aqui. Hoje trago outra versão, e desta vez com vídeo.



O "truque" deste prato é apostar nos temperos, e manter o equilíbrio entre os mesmos.
Cada vez que faço aqui em casa é sucesso garantido.
Podem substituir o peru por outra carne ou até mesmo por camarão, o resultado será igualmente delicioso.

O Peru é um dos frescos do Continente do mês de Novembro. Estes mês os frescos são dedicados aos aromas do Outono, e os eleitos foram o Peru, a Castanha, a Truta e o Agrião.

Ingredientes:
  • 150g de espinafres
  • 500g de peru
  • 2 alhos
  • 150g de tomate cherry
  • 200ml de natas
  • 4 c.sopa de molho de tomate
  • 185g de cogumelos laminados
  • 1 litro caldo de carne
  • 300g de tagliatelle
  • sumo de 1/2 limão
  • sal e pimenta a gosto
Modo de Preparo:
  1. Numa panela colocar um fio de azeite, a carne de peru cortada em tiras, os alhos laminados, sal e pimenta a gosto e sumo de 1/2 limão e deixar cozinhar até que a carne comece a ganhar cor.
  2. Adicionar os restantes ingredientes em camadas, tapar a panela e cozinhar por 10 minutos.
  3. Passados os 10 minutos, destapar a panela, mexer e rectificar os temperos e deixar cozinhar por mais 5 minutos. Tapar e deixar repousar 5 minutos antes de servir.




11 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Doce de caramelo e chocolate

09:59:00 Ana Filipa Costa 12 Comments


Há combinações de sabores que nunca desiludem, na minha opinião uma delas é caramelo e chocolate. Estes dois nasceram para estarem juntos :)

Aqui em casa, temos um receita que adoramos e que fazemos muitas vezes (Doce de Leite Condensado) que é estilo doce da casa, e quando recebi,  para experimentar, os caramelos com sabor a chocolate da Werther's Original, lembrei-me que poderia fazer uma adaptação dessa receita que certamente iria resultar em algo bastante guloso.

O resultado está à vista, uma sobremesa fácil com sabores que combinam muito bem juntos e que vai agradar miúdos e graúdos,
Com o fim-de-semana à porta, não há desculpas para não experimentar :)

Ingredientes:
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de leite (usei a medida do leite condensado) 
  • 4 ovos (usaremos apenas as gemas)
  • 1 c.sopa de amido de milho
  • 1 c.sopa de cacau em pó
  • 10 caramelos sabor a chocolate Werther's Original
  • 150g de bolacha maria
  • 100ml de café frio
  • 1 pacote de natas
  • Bolacha ralada e caramelo a gosto para decorar

Preparo - Modo Tradicional:

  1. Misturar o leite condensado, o leite, as gemas, o amido e o cacau até obter uma mistura homogénea. Juntar os caramelos e levar a mistura ao lume brando, mexendo sempre sem parar até que a mistura comece a engrossar ligeiramente e os caramelos derretam (o lume deve estar brando, caso contrário as gemas irão cozer e o creme talhar). Dispor o creme numa tigela e reservar.
  2. Partir as bolachas em pedaços desiguais, mergulhá-las rapidamente no café, escorrer o excesso e dispor as mesmas sobre o creme. 
  3. Bater as natas em ponto de chantilly e dispor sobre a sobremesa. Sobre as natas salpicar um pouco de bolacha ralada e caramelo e servir.
Preparo - Com robot de cozinha:
  1. No copo colocar os caramelos e programar 10 segundos, velocidade 9. Adicionar o leite condensado, o leite,  as gemas, o amido e o cacau e programar 30 segundos, velocidade 3. Programar 90º, 15 minutos, velocidade 3. Dispor o creme numa tigela e reservar.
  2. Partir as bolachas em pedaços desiguais, mergulhá-las rapidamente no café, escorrer o excesso e dispor as mesmas sobre o creme. 
  3. Colocar as natas e a borboleta no copo bem lavado e seco e programar 1 minuto, velocidade gradual 1 a 6 (poderá ser preciso mais uns segundos até obter o ponto de chantilly) e dispor sobre a sobremesa.  Sobre as natas salpicar um pouco de bolacha ralada e caramelo e servir.




12 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Carne

Costeletas de porco com marmelos

09:00:00 Ana Filipa Costa 10 Comments

 

Usualmente pensamos em marmelos e imediatamente visualizamos uma deliciosa marmelada (receita aqui). A verdade é que este fruto pode (e deve!) ter muitas outras utilizações e assado é uma das minhas preferidas!

É fácil imaginar o fruto num prato doce, mas acreditem que fica também combina muito bem com pratos salgados.
A prova disso mesmo é este prato. Lembrei-me que adoro lombo de porco com puré de maça e como o marmelo é em muito semelhante à maçã, resolvi experimentar fazê-lo assado com umas costeletas de porco. Adicionei o zimbro, mas é opcional, poderão omitir caso não tenham ou não gostem.

Descomplicado, saboroso e reconfortante, para aconchegar numa noite mais fresca.

Ingredientes:
  • 6 costeletas de porco
  • 2 dentes de alho
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 cálice de vinho branco
  • 2 c.sopa de manteiga
  • 2 cebolas
  • 2 marmelos
  • 2 c.sopa de açúcar amarelo
  • sumo de 1/2 laranja
  • 1 folha de louro
  • 1 c.sopa de zimbro (opcional)

Modo de Preparo:
  1. Temperar as costeletas com os alhos finamente picado, sal e pimenta a gosto e o vinho branco e reservar.
  2. Numa frigideira grande, colocar a manteiga e as cebolas descascadas e cortadas em gomos. Levar ao lume a refogar até que a cebola fique translúcida. 
  3. Adicionar os marmelos descascados e cortados em gomos, o açúcar, o sumo de laranja, o louro e o zimbro, e cozinhar em lume brando por 5 a 10 minutos, mexendo ocasionalmente. 
  4. Abrir espaço na frigideira para colocar as costeletas (adicionar o líquido e tempero das costeletas) e deixar que as mesmas ganhem um pouco de cor de ambos os lados (não queremos que cozinhem na totalidade)
  5. Dispor as costeletas num tabuleiro ou travessa que possa ir ao forno (se a frigideira que estão a usar poder ir ao forno, podem pular este passo), regar com os marmelos, cebola e molho, e levar ao forno a 200ºC for 15 a 20 minutos, até que dourem.
  6. Servir de imediato com acompanhamento a gosto.




10 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Peixe,

Bolinhos de salmão com molho de béchamel e mostarda

07:51:00 Ana Filipa Costa 10 Comments


Perto do meu local de trabalho, há um supermercado biológico que também serve refeições.
De vez em quando gosto de lá ir, não só para espreitar as novidades, mas também para almoçar. Servem pratos diferentes (com bulgur, quinoa, legumes com fartura, tofu/seitan e afins), mais saudáveis, e aproveito sempre para experimentar novos sabores e combinações, que servem de inspiração para fazer em casa.
Na minha última visita comi o que eles chamavam de almôndegas de salmão e gostei tanto que resolvi recriar em casa, tendo em conta que não tinha a receita, pode-se dizer que foi uma recriação re-inventada! :)

O sabor é delicioso, assemelham-se a pastéis de bacalhau mas como não são fritos, são bem mais saudáveis.
Adicionei um molho béchamel com mostarda (a parte menos saudável do prato), e ficou delicioso.
Se quiserem podem optar por um molho menos calórico, de iogurte por exemplo, também deve ficar muito bom.

Para quem tem crianças, que usualmente são mais difíceis de agradar quando o assunto é peixe, esta é uma excelente forma de os convencer de que o peixe também pode ser saboroso.

Experimentem, vão gostar!

Ingredientes:
Bolinhos
  • 3 postas de salmão
  • 3 batatas cozida (pequenas)
  • 1 cenoura grande
  • 2 cebolas (pequenas)
  • 2 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • 3 c.sopa de molho de soja (usei da Amoy)
  • 1 raminho de salsa
  • sumo de 1/2 limão
  • sal e pimenta a gosto
  • 2 c.sopa de azeite
Molho
  • 1 c.sopa de manteiga
  • 1 c.sopa de farinha
  • 1 copo de leite (usei quantidades aproximadas)
  • 1 c.sopa de mostarda
  • Algumas gotas de sumo de limão
Modo de Preparo:

  1. Começar por preparar o peixe, levando a cozer por 3 minutos (o intuito não é cozer na totalidade) numa panela com água, 1 cebola descascada e cortada em gomos, um alho descascado, 1 folha de louro e pimenta a gosto (não adicionei nesta fase o sal pois a mistura é temperada com molho de soja, mas se quiserem podem juntar um pouco de água). Depois de 3 minutos, desligar o lume e reservar dentro da água.
  2. Picar finamente o alho e a cebola restantes e a salsa e colocá-los numa tigela grande. Ralar a cenoura e adicioná-la também à tigela. Esmagar as batatas cozidas com o auxílio de um garfo (não há problema se ficarem alguns pedaços inteiros) e adicionar à tigela, misturando bem.
  3. Retirar o peixe da água da cozedura (não descartar a água), removendo em seguida a pele e espinhas.
  4. Desfiar o peixe para a tigela com os restantes ingredientes, temperar com o molho de soja, sumo de limão, azeite e pimenta a gosto e misturar tudo muito bem. Adicionar 2 a 3 colheres de sopa da água da cozedura do peixe, misturando bem (a quantidade vai depender da consistência da mistura, deve ser possível formar bolas com a mesma). Com as mãos, formar bolas com a mistura, alisando bem a superfície.
  5. Dispor as bolas numa tabuleiro untado com um fio de azeite e levar ao forno a 200ºC por 15 minutos ou até dourar.
  6. Nesse período, preparar o molho béchamel, colocando num tachinho a manteiga levando-a a derreter. Quando estiver completamente derretida, juntar a farinha e misturar bem, deixando cozinhar um pouco antes de começar a adicionar aos poucos o leite. A quantidade de leite varia consoante prefiram o molho mais ou menos cremoso. Quando tiverem satisfeitos com a consistência do molho, juntem a mostarda (usei mostarda em grão) e umas gotas de sumo de limão, temperem com sal e pimenta a gosto e misturem bem.
  7. Servir os bolinhos de salmão regados com o molho de béchamel.
 Para acompanhamento, escolhi uma salada e arroz de grelos cuja receita podem encontrar aqui.




10 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Rolinhos de canela [Receita em vídeo]

10:02:00 Ana Filipa Costa 14 Comments



Já há muito tempo que não participava num desafio do grupo "Dia Um... Na Cozinha!" (um grupo de Facebook) onde ao dia 1 de cada mês os participantes são desafiados a cozinhar algo temático. O tema do mês de Novembro são Pães Doces, e sendo algo que adoro fazer, achei que era uma ótima forma de voltar a participar neste desafio.
Os rolinhos de canela (também conhecidos como Cinnamon Rolls) são os "queridos" cá de casa, ninguém lhes fica indiferentes e aproveitando que as receitas de forno já apetecem, decidi por literalmente as mãos na massa.

Já havia partilhado uma receita destes pães, a mais tradicional com cobertura de queijo creme, que podem encontrar aqui, mas desta vez optei por uma sugestão mais simples e sem a cobertura.
Adicionei passas pois apreciamos, mas se não gostarem podem omitir, ou substituir por outro ingrediente que gostem (frutos secos, frutas cristalizadas, chocolate, etc).

E como é uma receita que gostamos mesmo muito, decidi gravar o passo-a-passo em video para que quem possa estar indeciso veja que até são simples de preparar :)

Conservados num recipiente hermético mantêm-se fofos até 3 dias.



Ingredientes:
Pão
  • 40g fermento de padeiro fresco
  • 250ml de leite
  • 1 ovo
  • 100g de manteiga
  • 600g de farinha (poderá não ser necessário usar toda)
Recheio
  • 100g de manteiga amolecida
  • 120g de açúcar
  • 1 c.sopa de canela em pó
  • 2 c.sopa de passas (opcional)
Cobertura
  • 1 ovo
  • 1 c.sopa de água
  • 1 pitada de sal
  • açúcar cristal a gosto
  • açúcar em pó a gosto

Preparo - Modo Tradicional:
  1. Começar por preparar a massa misturando numa tigela o fermento com o leite, até que o fermento se dissolva. Em seguida adicionar o ovo e a manteiga e aos poucos adicionar a farinha (poderá não ser necessário adicionar a totalidade da farinha). 
  2. Amassar bem por cerca de 10 minutos, até obter uma massa lisa e elástica. 
  3. Tapar com um pano e deixar levedar em local morno até que dobre de volume (entre 30 a 60 minutos).
  4. Entretanto preparar o recheio, misturando todos os ingredientes. Reservar.
  5. Estender a massa até formar um rectângulo com cerca de 1/2 centímetro de espessura.
  6. Sobre o rectângulo espalhar todo o recheio.
  7. Enrolar a massa pelo lado mais comprido, cortar fatias da espessura de um dedo e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal. Deixar os rolinhos repousarem 30 minutos.
  8. Misturar o ovo com a água e a pitada de sal e espalhar sobre os rolinhos. Salpicar com açúcar cristal a gosto e levar ao forno a 200ºC por 8 minutos.
  9. Depois de cozidos polvilhar com açúcar em pó a gosto.

Preparo - Com robot de cozinha:
  1. No copo colocar o fermento e o leite e programar 1 minutos, 37ºC, velocidade 2. Em seguida adicionar o ovo e a manteiga e programar 30 segundos, velocidade 3. Com a máquina na velocidade 3 aos poucos adicionar a farinha (poderá não ser necessário adicionar a totalidade da farinha). Programar 3 minutos velocidade espiga. Deixar repousar dentro do copo por 30 minutos.
  2. Entretanto preparar o recheio, misturando todos os ingredientes. Reservar.
  3. Estender a massa até formar um rectângulo com cerca de 1/2 centímetro de espessura.
  4. Sobre o rectângulo espalhar todo o recheio.
  5. Enrolar a massa pelo lado mais comprido, cortar fatias da espessura de um dedo e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal. Deixar os rolinhos repousarem 30 minutos.
  6. Misturar o ovo com a água e a pitada de sal e espalhar sobre os rolinhos. Salpicar com açúcar cristal a gosto e levar ao forno a 200ºC por 8 minutos.
  7. Depois de cozidos polvilhar com açúcar em pó a gosto.





14 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)