Parcerias,

Cozinhas de sonho, electrodomésticos de sonho

10:13:00 Ana Filipa Costa 6 Comments


Não conheço ninguém, que goste de cozinhar, que não tenha um cozinha de sonho em mente.
A minha cozinha de sonho é ampla, com janelas grandes e muita luz, com uma ilha ou uma mesa grande no meio, em tons de branco e/ou pastel, com um decoração simples e reconfortante (para mim a descrição de "cozy").
Sonhar não paga imposto e dizem que comanda a vida não é verdade? :)

A cereja em cima do bolo, nesta minha cozinha de sonho, são os electrodomésticos da SMEG.
Adoro o design retro e as cores pastel, acho que tornam qualquer cozinha um pouco mais especial.
Desde o figoríficos até pequenos electrodomésticos, passando por máquinas de lavar loiça e placas e acessórios, a SMEG dá-nos todas as possibilidades de rechearmos a nossa cozinha com produtos de excelente qualidade e ainda por cima giríssimos!

A pensar nos sonhos das cozinheiras deste Portugal, a Worten disponibiliza agora nas suas lojas artigos da marca SMEG, para todos os gostos.

Deixo aqui algumas ideias/sugestões para, tal como eu, formularem as vossas cozinhas de sonho (se clicarem nas imagens serão automaticamente redirecionados para o site da Worten onde podem conhecer melhor a gama de produtos)!





Todas as fotos deste post foram recolhidas da internet, nenhuma delas é da minha autoria.

6 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Gelados de Pinacolada

08:00:00 Ana Filipa Costa 8 Comments


O calor tem sido muito por estes lados...
Gosto do Verão mas quando o calor é assim tanto, fico tipo "barata tonta" sem saber onde me meter ou o que fazer :)
Para ajudar a refrescar (e saciar a gula constante), preparei estes gelados com sabor a Pinacolada.
São super fácies de fazer, muito saborosos e calharam a ser vegan :)

Uma sobremesa sem culpa e saborosa, o que podemos pedir mais?

Se forem bastante gulosos, aumentem a quantidade de adoçante, para o meu gosto, ficam perfeitos assim.
Espero que gostem!


Ingredientes: 
  • 1/2 abacaxi descascado 
  • 200ml de leite de côco 
  • 2 c.sopa de xarope de agave (ou outro adoçante da sua preferência) 
  • 2 c.sopa de côco ralado 
Preparo - Modo Tradicional: 
  1. Num liquidificador, misturar o abacaxi com o leite de côco e o xarope de agave. 
  2. A meio do processo, adicionar o côco ralado e misturar bem. 
  3. Dispor o preparado sobre formas de gelado (ou num recipiente único) e levar ao congelador por pelo menos 4 horas. Para desenformar, colocar as formas em água quente por 10 segundos (se optar por fazer numa forma única, retire do congelar 15 minutos antes de servir).
Preparo - Com robot de cozinha:
  1. No copo colocar o abacaxi com o leite de côco e o xarope de agave e programar 1 minuto velocidade 8
  2. A meio do processo, adicionar o côco ralado e baixar a velocidade para 3
  3. Dispor o preparado sobre formas de gelado (ou num recipiente único) e levar ao congelador por pelo menos 4 horas. Para desenformar, colocar as formas em água quente por 10 segundos (se optar por fazer numa forma única, retire do congelar 15 minutos antes de servir).




8 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Bolo de cenoura, côco e nozes [Com cobertura de queijo creme]

01:45:00 Ana Filipa Costa 11 Comments


Este é um bolo que se adequa bem a esta altura do ano pois pode-se comer frio.
A sua textura faz quase lembrar a de uma barrinha de cereais, a única diferença é que fica mais macia.
O contraste de sabores é delicioso! A mistura da canela com o côco e o chocolate é das minhas preferidas e não é a primeira vez que partilho receitas com esta combinação.

Para lhe dar um toque especial, usei queijo creme Arla para a cobertura, o que conferiu ao bolo uma certa cremosidade e um sabor ainda mais rico.

Aqui em casa ficámos fãs, espero que gostem!



Ingredientes:
Bolo
  • 125g de farinha com fermento
  • 1 c.chá de canela em pó
  • 150g de açúcar
  • 80g de cenoura ralada
  • 125g de nozes picadas
  • 30g de côco ralado
  • 90g de pepitas de chocolate
  • 90g de manteiga sem sal amolecida
  • 2 ovos
Cobertura
  • 150g de queijo creme Arla
  • 30g de manteiga sem sal
  • 150g de açúcar em pó
  • 1 c.sopa de água quente

Preparo - Modo Tradicional:
  1. Numa tigela, peneirar a farinha com o fermento, adicionar a cenoura ralada, adicionar 85g de nozes, o côco ralado e o chocolate e misturar bem.
  2. Em seguida adicionar a manteiga e os dois ovos e misturar bem até obter um preparado homogéneo.
  3. Dispor a massa sobre uma forma quadrada (23x23 cm) previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha.
  4. Levar ao forno, a 180ºC, por 30 minutos ou até ficar dourado.
  5. Retirar e deixar arrefecer completamente antes de cobrir com a cobertura.
  6. Para fazer a cobertura, misturar a manteiga com o queijo creme, em seguida adicionar o açúcar em pó e a água e bater bem até que o preparado fique bem homogéneo e cremoso.
  7. Dispor a cobertura sobre o bolo já frio, salpicar com as restantes 40g de nozes picadas e cortar em quadrados de tamanho aproximadamente igual. Levar ao frigorífico por 30 minutos antes de servir.
Preparo - Com robot de cozinha:
  1. No copo colocar a farinha com o fermento, adicionar a cenoura ralada, 85g de nozes, o côco ralado e o chocolate e programar 10 segundos, velocidade 3 inversa.
  2. Em seguida adicionar a manteiga e os dois ovos e programar 1 minuto, velocidade 3 inversa.
  3. Dispor a massa sobre uma forma quadrada (23x23 cm) previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha.
  4. Levar ao forno, a 180ºC, por 30 minutos ou até ficar dourado.
  5. Retirar e deixar arrefecer completamente antes de cobrir com a cobertura.
  6. Para fazer a cobertura, colocar no copo lavado a manteiga com o queijo creme, e programar 1 minuto, velocidade 4. Em seguida adicionar a borboleta, o açúcar em pó e a água e programar 2 minutos, velocidade 3.
  7. Dispor a cobertura sobre o bolo já frio, salpicar com as restantes 40g de nozes picadas e cortar em quadrados de tamanho aproximadamente igual. Levar ao frigorífico por 30 minutos antes de servir.








11 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Acompanhamento

Arroz Primavera

11:11:00 Ana Filipa Costa 5 Comments


Em pleno Verão, trago-vos um arroz Primavera :)
Este é um daqueles acompanhamentos que adoro. Colorido, repleto de ingredientes, não só saborosos, como cheios de nutrientes!

Como não incorporo grandes quantidades de gordura neste arroz, consigo comê-lo frio (no caso de ficar com sobras do mesmo) numa salada, com alguma alface e atum ou frango desfiado.
Fica muito saboroso e adapta-se bem aos pratos frescos que esta altura do ano pede.

Dificilmente haverá pessoas que não conhecem este arroz, mas é sempre bom relembrar um clássico não é verdade? :)

A pensar na vossa comodidade, e porque não quero que me digam que não fizeram esta receita porque vos faltava algum ingrediente, preparei uma lista de compras que vos direccionará directamente ao site do Supermercado do El Corte Inglés.
À distância de um clique, encontram todos os produtos que precisam para fazer este arroz (e muitas outras deliciosas receitas) e o melhor de tudo é que não precisam de sair de casa :)
Clicando nos ingredientes abaixo, serão direccionados para o site, onde poderão fazer comodamente as vossas compras. Mais fácil é impossível!


Ingredientes:

  • 2 chávenas de arroz agulha
  • 6 chávenas de água
  • 1 cebola pequena
  • 1 dente de alho
  • 6 cogumelos frescos
  • 1 lata pequena de milho
  • 1 cenoura
  • 1/2 medida da lata do milho, de ervilhas
  • opcional: 2 fatias de bacon
  • 1/2 pimento pequeno
  • um raminho de salsa
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 c.chá de açafrão
  • 1 fio de azeite (cerca de 1 c.sopa)

Modo de preparo:

  1. Lavar bem o arroz até que a água saia limpa, deixar a escorrer e reservar.
  2. Numa panela, colocar um fio de azeite e a cebola finamente picada. Deixar refogar até que a cebola fique translúcida.
  3. Adicionar o alho finamente picado, os cogumelos bem lavados e finamente fatiados e deixar cozinhar (os coguemlos irão mirrar um pouco e soltar alguma água).
  4. Se optar por usar o bacon, nesta fase deverá adicioná-lo ao refogado, cortado em fatias pequenas.
  5. Juntar o milho, a cenoura descascada e ralada, as ervilhas e o pimentos cortado em pedacinhos pequenos.
  6. Deixar refogar uns cinco minutos, temperando de sal e pimenta a gosto.
  7. Juntar a água e o açafrão e deixar ferver. Quando ferver, adicionar o arroz, rectificar o sal se preciso e deixar cozinhar, mexendo ocasionalmente, sem tapar. Quando estiver quase sem água, apagar o lume, salpicar a salsa picada, misturar, tapar e deixar descansar entre 5 a 10 minutos antes de servir. 





5 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Pataniscas de Feijão Verde [Sem frituras]

09:00:00 Ana Filipa Costa 19 Comments





Apesar de adorar o sabor das frituras, sei que não são a melhor opção para a nossa saúde. Para além disso, não gosto particularmente do cheiro a gordura que fica na casa após fazer frituras.
Por estes motivos, é raro fazer este tipo de confecção em casa.

Hoje trago um clássico reinventado. As pataniscas são aquele tipo de comida que adoro, estilo petisco que combina deliciosamente com um belo arroz de feijão. A minha sugestão é um pouco mais leve, fica com uma consistência quase de panqueca, e bastante mais saudável do que a versão original.
São feitas numa frigideira anti-aderente e sem qualquer adição de gordura.

São ótimas para levar para a praia como snack, ou para levar no cesto para um picnic.
Espero que gostem!

Ingredientes:
  • 5c.sopa de farinha de arroz
  • 100ml de água com gás
  • 2 ovos grandes
  • sal e pimenta
  • 1/2 cebola
  • 1 alho
  • 150g de feijão verde
  • 3 c.sopa de queijo ralado (usei mozzarella) 

Preparo - Modo tradicional:
  1. Cozer o feijão verde em água com sal, escorrer e reservar.
  2. Numa tigela, misturar a farinha com a água com gás, os ovos e o sal e pimenta.
  3. Picar a cebola e o alho finamente e juntar à mistura.
  4. Cortar o feijão verde, previamente cozido, em pedacinhos pequenos e adicionar à mistura, juntamente com o queijo.
  5. Levar uma frigideira anti-aderente a aquecer, colocar colheradas da massa na frigideira e deixar cozinhar, em  lume médio, por cerca de 2 minutos de cada lado.
  6. Servir quente com o acompanhamento da sua preferência.
Preparo - Com robot de cozinha:
  1. Colocar o feijão verde na varoma, temperar com sal a gosto e reservar. 
  2. No copo colocar 800g de água, cobrir com a varoma e programar 20 minutos, varoma, velocidade 3. Escorrer a água e reservar o feijão verde na varoma.
  3. No copo colocar a cebola e o alho e programar 5 segundos, velocidade 5. Adicionar o feijão verde cozido e dar alguns golpes de turbo.  Colocar os legumes picados numa tigela e reservar.
  4. Sem lavar o copo, colocar os restantes ingredientes e programar 1 minutos velocidade 4. Adicionar os legumes picados e envolver com o auxílio da espátula.
  5. Levar uma frigideira anti-aderente a aquecer, colocar colheradas da massa na frigideira e deixar cozinhar, em  lume médio, por cerca de 2 minutos de cada lado.
  6. Servir quente com o acompanhamento da sua preferência.



19 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Dicas,

Sapateira recheada

11:43:00 Ana Filipa Costa 11 Comments


Verão é para mim sinónimo de dias longos e quentes, de praia, de boa disposição e principalmente de petiscadas.
Depois de um dia de praia, comer uma petiscada em boa companhia, com boa disposição... é tudo de bom!
O petisco que vos trago hoje é de marisco, mais precisamente sapateira recheada e acho que, pela primeira vez, irei partilhar convosco uma receita do meu pai (ele não é muito chegado aos tachos mas para petiscos tem jeitinho).

Aproveito também para partilhar convosco algumas das dicas que me passou em relação a como e quando escolher sapateira.
Para fazer sapateira recheada, o ideal é escolher as fêmeas pois têm geralmente ovas que dão um sabor mais especial ao petisco. As fêmeas distinguem-se na barriga (ver imagem abaixo recolhida da internet - a da esquerda é fêmea a da direita é macho):

Os meses em que as fêmeas desovam são os meses de Maio, Junho, Julho e Agosto, portanto nesta altura o ideal é comprar sapateira congelada (usualmente é congelada com as ovas). Se optarem por comprar fresca nestes meses (que foi o meu caso) poderão fazer recheadas à mesma, bastará que adicionem um ovo cozido ao preparo.
Se a comprarem viva, devem atordoa-la com um pouco de vinagre primeiro antes de a cozinharem em água com sal.

Nesta receita usei a nova maionese da Heinz, feita com ovos de galinhas do campo, sem corantes, sabores artificiais ou espessastes, leve e realmente deliciosa.

Um petisco muito apreciado aqui em casa, e espero que por vocês também!

Ingredientes:

  1. 1 sapateira
  2. 3 c.sopa de pickles
  3. 1 ovo grande cozido
  4. 3 c.sopa de maionese (usei Heinz)
  5. 1 c.sopa de mostarda
  6. 1 dl de cerveja


Modo de Preparo:

  1. Remover as patas da sapateira e reservar.
  2. Com o auxílio de uma faca, remover o conteúdo da barriga, separando em seguida as cascas , tripas e cauda da carne e ovas.
  3. Numa tigela colocar a carne da sapateira e as ovas, adicionar os pickles picados, o ovo cozido picado e os restantes ingredientes e misturar muito bem.
  4. Lavar bem a casca da sapateira, e usá-la como taça para servir o recheio.
  5. Decorar com pickles picados e servir com tosta ou pão torrado.







11 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Carne,

Caril apimentado de Frango e Cogumelos

08:02:00 Ana Filipa Costa 10 Comments


Geralmente, os países de clima mais quente têm receitas bastante apimentadas, e a principal razão prende-se ao facto de o picante refrescar.
Se num primeiro impacto parece que estamos literalmente em chamas por dentro, passado o efeito, sentimo-nos refrescados e revigorados.

É caso para dizer que há coisas que não se explicam, sentem-se.

Já que estamos no Verão, e o calor já se faz sentir, porque não um caril apimentado para refrescar corpo e a alma? (e deixar as papilas gustativas mais do que felizes!).

Depois de receber em casa um exemplar de molho Tabasco de pimenta e alho, uma marca que habita cá em casa desde que me lembro e que é sempre muito apreciada, resolvi fazer esta variante de caril que resultou muito bem.

É claro que a tolerância ao picante varia de pessoa para pessoa, e no nosso caso, gostamos de um picante que se sinta mas que não "sufoque" e nesse sentido, este molho com alho resultou perfeitamente bem.
Adaptem as quantidades ao vosso paladar.

Espero que experimentem e acima de tudo, que gostem! :)

Ingredientes:

  • 1 fio de azeite (usei cerca de 2 c.sopa)
  • 1 c.sopa de caril
  • 1 c.sopa de açafrão 
  • 1 c.chá de mostarda em grão
  • 1 c.chá de gengibre em pó
  • 1 pitada de cravinho em pó
  • 1 c.chá de canela em pó
  • 1 c.sopa de salsa desidratada 
  • 1 pitada de noz moscada
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 cebola roxa
  • 2 dentes de alho
  • 400g de cogumelos (usei laminados e inteiros)
  • 1 frango partido em pedaços pequenos sem a pele
  • 2 c.sopa de molho Tabasco de pimenta e alho
  • sumo e raspa de 1 limão
  • 200 ml de leite de côco
  • flocos de pimenta a gosto
  • um raminho de salsa fresca
Modo de Preparo:

  1. Temperar o frango com sal e pimenta a gosto e reservar.
  2. Numa panela, levar o azeite ao lume e quando aquecer juntar todas as especiarias, deixando que as mesmas comecem a libertar os aromas.
  3. Adicionar os cogumelos e deixar cozinhar cerca de 2 minutos.
  4. Juntar então a cebola, e quando a mesma começar a ficar translúcida, adicionar o alho deixando que o mesmo refogue por uns segundos antes de juntar o frango.
  5. Deixar o frango cozinhar por uns 10 minutos, mexendo ocasionalmente e adicionado o sumo e raspa de limão juntamente com o Tabasco de pimenta e alho a meio do processo.
  6. Passados esses 10 minutos, aproximadamente, adicionar o leite de côco, rectificar o sal e pimenta se necessário e deixar ferver durante 3 a 5 minutos.
  7. Retirar do lume, adicionar uns flocos de pimenta (opcional) e salpicar com a salsa fresca picada.
  8. Servir com arroz branco (usei basmati).





10 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Bolo invertido de Ananás

18:02:00 Ana Filipa Costa 15 Comments

 


É verdade que com o calor não apetece muito ligar o forno, mas se eu vos disser que este bolo é ótimo comido frio, talvez decidam que vale a pena lhe darem um oportunidade.

Este é mais um daqueles bolos que costuma aparecer com regularidade aqui em casa.
Quem me acompanha há alguma tempo já sabe que eu adoro as receitas de família, especialmente as de bolos, e para mim, receitas boas merecem ser partilhadas.

Os bolos invertidos, apesar de simples, dão sempre a impressão de que dedicamos muito do nosso tempo à sua confecção e por norma deixa quem o vai provar impressionado. Por isso já sabem, se quiserem impressionar alguém especial experimentem esta delícia.
Um bolo fofo, húmido e muito saboroso e que por ser bom consumido fresco, sabe muito bem em dias quentes como o de hoje.

Ingredientes:
Caramelo
  • 250g de açúcar
  • 1dl de água
  • sumo de 1/4 de limão
Bolo
  • Metade de um ananás descascado (usei enlatado)
  • 200g de açúcar
  • 150g de manteiga 
  • 4 ovos
  • 1 c.sopa de fermento
  • 1 1/2 dl de leite
  • 250g de farinha
Preparo - Modo tradicional:
  1. Começar por preparar o caramelo, misturando o açúcar com a água numa panela e levando ao lume até ferver, mexendo ocasionalmente, e obter o tom âmbar de caramelo. Nesse momento, adicionar o sumo de limão deixando ferver um pouco para ganhar consistência.
  2. Com o caramelo barra-se uma forma com chaminé (se preferirem podem fazer numa forma rectangular ou quadrada).
  3. Por cima do caramelo, dispor as fatias de ananás e reservar.
  4. Para o bolo, misturar o açúcar com a manteiga até obter um creme homogéneo.
  5. Separar as claras das gemas, adicionar as gemas e o leite ao creme de manteiga e misturar bem.
  6. Adicionar aos poucos a farinha peneirada com o fermento. Por fim, envolver cuidadosamente as claras batidas em castelo.
  7. Dispor a massa sobre a forma com o caramelo e o ananás. 
  8. Levar a cozer em forno médio a 180ºC por cerca de 40 minutos. Verificar a cozedura com o auxílio de um palito de madeira, se ao espetar no centro do bolo sair seco, retirar do forno e desenformar ainda quente.
Preparo - Com robot de cozinha:
  1. Começar por preparar o caramelo, misturando o açúcar com a água numa panela e levando ao lume até ferver, mexendo ocasionalmente, e obter o tom âmbar de caramelo. Nesse momento, adicionar o sumo de limão deixando ferver um pouco para ganhar consistência.
  2. Com o caramelo barra-se uma forma com chaminé (se preferir pode fazer numa forma rectangular ou quadrada).
  3. Por cima do caramelo, dispor as fatias de ananás e reservar.
  4. Para o bolo, começar por separar as gemas das claras, reservar as gemas e colocar no copo a borboleta e as claras e programar 4 minutos velocidade 3 e 1/2. Reservar as claras e no copo manter a borboleta, adicionar o açúcar com a manteiga e programar 2 minutos 37ºC velocidade 3. Adicionar as gemas e o leite ao creme de manteiga e programar 30 segundos, velocidade 3.
  5. Retirar a borboleta e com a máquina em funcionamento na velocidade 3 adicionar aos poucos a farinha peneirada com o fermento. Por fim, envolver cuidadosamente as claras batidas em castelo com o auxílio da espátula.
  6. Dispor a massa sobre a forma com o caramelo e o ananás. 
  7. Levar a cozer em forno médio a 180ºC por cerca de 40 minutos. Verificar a cozedura com o auxílio de um palito de madeira, se ao espetar no centro do bolo sair seco, retirar do forno e desenformar ainda quente.



15 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)