Bimby,

Pão integral com maca, chia e cânhamo #superalimentos

09:00:00 Ana Filipa Costa 9 Comments


Como já referi em diversos posts, defendo a filosofia de uma alimentação equilibrada, com um pouco de tudo, mas procuro sempre incluir nessa diversidade os melhores ingredientes.

Os superalimentos (que estão na moda hoje em dia), fazem parte da minha alimentação. Procuro incluí-los nos mais variados preparos, desde batidos, bolos, pães, granolas, etc.

Para a receita de hoje usei três superalimentos, a maca, as sementes de chia e as de cânhamo.

MACA

💪 A composição da maca permite a melhoria da produção do sémen nos homens e a sua motilidade.
💪 Como ajuda a estabilizar os níveis de estrogénio no organismo, pode prevenir a osteoporose.
💪 Devido à sua composição, ajuda a controlar a ansiedade, as alterações de humor, os afrontamentos, a depressão e a fadiga associados à menopausa.


SEMENTES DE CÂNHAMO

💪 Devido ao seu teor de arginina, previne a tensão elevada.
💪 O seu teor de ácido gama-linolénico está associado à diminuição de processos inflamatórios no sistema cardiovascular.
💪 Dado o seu teor de fibras solúveis e insolúveis, as sementes de cânhamo ajudam a melhorar a função intestinal.

SEMENTES DE CHIA

💪 Devido ao seu elevado teor de fibras, ajudam a regular o trânsito intestinal e a promover a sensação de saciedade no estômago.
💪 Dado o seu teor de ácidos gordos ómega-3, estas sementes têm uma importante função na diminuição do colesterol LDL e total e no aumento do colesterol HDL.
💪 Podem diminuir os picos de glucose no sangue, ajudando a prevenir algumas patologias decorrentes da diabetes do tipo 2.

Esta é uma receita de pão numa vertente mais descomplicada. Não requer tempo de levedação nem necessita de ser sovado, basta juntar todos os ingredientes, misturar e levar para cozer no forno. 😊
O pão tem uma consistência de bolo, que se mantêm húmido por vários dias, para além disso, é extremamente saciante.

Informações nutricionais e receita retiradas do livro:
Superalimentos Refeições com mais vida
de Mafalda Rodrigues da Almeida

Ingredientes:
⇨ 250g de farinha de trigo integral
⇨ 1 c.sopa de fermento de padeiro seco
⇨ 1 c.sopa de mel
⇨ 1 ovo
⇨ 1 c.chá de maca
⇨ 1 chávena de leite de amêndoa
⇨ 1/2 chávena de azeite
⇨ 3 c.sopa de sementes de cânhamo e de chia (3 de cada)
⇨ 1 c.chá de sal

Preparo - Modo tradicional:
1) Pré-aquecer o forno a 180ºC. 
2) Forrar uma forma de bolo rectangular com manteiga e uma folha de papel vegetal.
3) Numa tigela misturar todos os ingredientes secos.
4) Juntar os restantes ingredientes e bater com uma batedeira ou vara de arames até obter um preparado homogéneo.
5) Dispor a massa na forma forrada e salpicar a gosto com sementes de cânhamo.
6) Levar ao forno por 40 minutos ou até que um palito inserido no meio do pão, saia limpo.
7) Deixar arrefecer completamente antes de fatiar.

Preparo - Com robot de cozinha:
1) Pré-aquecer o forno a 180ºC. 
2) Forrar uma forma de bolo rectangular com manteiga e uma folha de papel vegetal.
3) No copo colocar todos os ingredientes e programar 1 minuto, velocidade 3.
4) Dispor a massa na forma forrada e salpicar a gosto com sementes de cânhamo.
5) Levar ao forno por 40 minutos ou até que um palito inserido no meio do pão, saia limpo.
6) Deixar arrefecer completamente antes de fatiar.




9 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bolos,

Sugestões para a mesa de Páscoa

16:31:00 Ana Filipa Costa 2 Comments

Imagem retirada da internet

A Páscoa é um momento de família, em que nos reunimos à mesa para apreciar as iguarias típicas da época, num ambiente tranquilo e acolhedor.

Variando de região para região, aqui em casa, não dispensamos o folar mais tradicional (aquele com erva-doce e canela, com o ovo cozido no topo), mas existem também os folares de enchidos, como é o caso do folar transmontano ou os menos tradicionais, mas igualmente deliciosos, como é o caso do de gila, de amêndoas ou maçã.

Aqui no Blog já partilhei convosco a receita do folar tradicional e do folar de Olhão.



Para além dos folares, é também comum encontrar na mesa de Páscoa o Pão de Ló, o bolo finto ou o ninho de Páscoa.

Todas estas iguarias, abaixo apresentadas, estão disponíveis no Jumbo de 14 de Março a 1 de Abril, para que possam rechear a vossa mesa, comodamente e à distância de um clique (basta clicarem nas imagens abaixo para serem redireccionados para o site do Jumbo).




Pensando nos mais pequenos, ou nos mais gulosos, o Jumbo disponibiliza também uma vasta oferta de chocolates (amêndoas e ovos). Pessoalmente, na Páscoa costumo oferecer amêndoas de chocolate aos adultos (fazem as delícias dos velhotes) e ovos para a criançada! É impossível ficar indiferente a um docinho 😊


E na vossa casa? O que costumam comer nesta época?

2 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Peixe,

Filetes de pescada de inspiração tailandesa

08:37:00 Ana Filipa Costa 5 Comments



Esta é uma refeição facílima de preparar, saudável e muito saborosa.
Podem deixar o peixe a marinhar por algumas horas antes de o colocar no forno o que lhe dará ainda mais sabor.

Se como eu, procuram ideias de refeições práticas para os dias agitados da semana, sugiro vivamente que experimentem esta receita.

Acompanhem com um arroz branco, puré de batata ou uma refrescante salada, afinal a Primavera já chegou e refeições mais frescas/leves já são bem vindas.

Ingredientes:
⇨ 6 filetes de pescada
⇨ 5 c.sopa de molho de soja
⇨ 1 c.sopa de molho de rábano (encontrei à venda aqui)
⇨ 1 c.chá de tahini
⇨ 3 dentes de alho picados
⇨ 1 fio de azeite
⇨ 1c.cha de molho de peixe (encontrei à venda aqui)
⇨ 1 c.cha de molho de ostra (encontrei à venda aqui)
⇨ sumo de 1/2 lima
⇨ 1 pitada de colorau
⇨ 1 c.cha de gengibre em pó
⇨ 1 raminho de cebolinho picado
⇨ 1 raminho de salsa picada

Modo de Preparo:
1) Dispor o peixe numa travessa que possa ir ao forno.
2) Numa tigela misturar os restantes ingredientes, com excepção da salsa
3) Verter o molho sobre o peixe e levar ao forno, a 180ºC por cerca de 20 minutos.
4) Depois de pronto, salpicar com a salsa picada e servir de imediato.



5 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Tarte rápida de pêra, ricota e mel

10:42:00 Ana Filipa Costa 4 Comments


As minhas criações culinárias começam usualmente com base num ou dois ingredientes.

Numa das minhas idas ao supermercado, trouxe uma embalagem de queijo ricota, que tinha inicialmente pensado usar para rechear um tortellinis.
Já em casa, vi que o cesto de fruta estava bem composto de pêras que recebi do cabaz semanal, decidi então que faria uma sobremesa com pêra e ricota.

O resultado foi uma tarte bem simples e modesta, daquelas sobremesas que se preparam num instantinho, não é muito doce e é deliciosa!

Para simplificar a minha vida, usei uma base de massa quebrada já pronta (costumo ter sempre uma embalagem destas no frigorífico para desenrascar refeições rápidas), mas se quiserem podem fazer a vossa própria base de massa.

Com o fim-de-semana à porta, um docinho (quase sem culpa) sabe mesmo bem!😊

Ingredientes:
➮ 1 base de massa quebrada já pronta
➮ 150g de amêndoa pelada, torrada e ralada
➮ 150g de queijo ricota
➮ 3 ovos
➮ 1 c.sopa generosa de canela em pó + qb para decorar
➮ 100g de mel + 1b para decorar
➮ 3 pêras descascadas e descaroçadas
➮ açúcar em pó para decorar

Preparo - Modo Tradicional:
1) Forrar uma tarteira com a massa quebrada e reservar (a tarteira que uso é anti-aderente logo não a costumo untar, se usar uma que não seja anti-aderente, deverá untar com manteiga e um pouco de farinha antes de forrar com a massa).
2) Misturar todos os ingredientes com excepção da pêra, com uma vara de arames até obter um preparado homogéneo e cremoso.
3) Verter o preparado sobre a tarteira forrada com a massa quebrada.
4) Sobre a massa, dispor as pêras cortadas em gomos e sobre elas verter um fio de mel.
5) Levar ao forno a 180ºC (não necessita pré-aquecer), até que a superfície da tarte fique dourada e o recheio firme ao toque (cerca de 30 minutos).
6) Deixar arrefecer completamente antes de desenformar.
7) Polvilhar com açúcar e canela em pó a gosto.

Preparo - Com robot de cozinha:
1) Forrar uma tarteira com a massa quebrada e reservar (a tarteira que uso é anti-aderente logo não a costumo untar, se usar uma que não seja anti-aderente, deverá untar com manteiga e um pouco de farinha antes de forrar com a massa).
2) Se não tiver a amêndoa moída ,usar o robot de cozinha para o fazer, colocando a amêndoa pelada e torrada no copo e programando 15 segundos, velocidade 9.
3) Juntar todos os ingredientes com excepção da pêra e programar 30 segundos, velocidade 4.
4) Verter o preparado sobre a tarteira forrada com a massa quebrada.
5) Sobre a massa, dispor as pêras cortadas em gomos e sobre elas verter um fio de mel.
6) Levar ao forno a 180ºC (não necessita pré-aquecer), até que a superfície da tarte fique dourada e o recheio firme ao toque (cerca de 30 minutos).
7) Deixar arrefecer completamente antes de desenformar.
8) Polvilhar com açúcar e canela em pó a gosto.



 

4 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bolos,

DICA - Folhados rápidos de chocolate

08:52:00 Ana Filipa Costa 4 Comments


Nestes dias, a palavra chave na minha cozinha é "praticidade". O tempo livre não é muito, e o que existe raramente é para dedicar a grandes cozinhados, por isso mesmo o truque é planeamento.

Procuro planear o melhor que posso as refeições e sempre que possível, deixar algumas congeladas para momentos de maior "aperto".

Esta sugestão é perfeita para desenrascar um lanche guloso a qualquer momento, quer seja por pura gula ou porque acabaram de receber aquelas visitar inesperadas mesmo na hora do lanche.😊

Não a posso considerar uma receita, mas sim uma dica.

O meu aniversário foi em Novembro (que acabei por conciliar com o baby shower da minha bebé) e por essa altura fiz um bolo com massa de frutos vermelhos e recheio de curd de chocolate (para a massa do bolo fiz uma pequena batota e usei uma mistura seca já pronta, mas a receita do recheio foi esta que já havia partilhado convosco aqui):


Acontece que sobrou-me recheio e resolvi congelar, mas não o congelei sem antes o colocar numas deliciosas almofadinhas de massa folhada.

Para tal usei uma base de massa folhada rectangular, a qual dividi em três rectângulos menores e de igual tamanho, estendi com o rolo da massa cada um desse rectângulos, dividindo-os depois em dois.

No centro de cada pedaço coloquei uma colher de recheio e fechei a massa como se de um livro de tratasse, fechando as bordas com o auxílio de um garfo, garantindo assim que o recheio não verta.

Coloquei as almofadas num tabuleiro forrado com papel vegetal e levei ao congelador por cerca de 2 horas. Passado esse tempo, com as almofadas já congeladas, transferi-as para um saco de plástico e reservei no congelador até ao dia em que decidi usar.


Manteem-se no congelador por pelo menos 6 meses.

Na altura em que decidirem usar, basta retirarem do congelador, pincelar com gema de ovo e levar ao forno (num tabuleiro forrado com papel vegetal) a 180ºC até dourar. Depois de prontos, decorar com açúcar em pó e estão prontos!








Podem optar por outros recheios como puré de maçã, nutella, fiambre e queijo, etc.

Uma dica prática e útil para ter sempre à mão 😉

4 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Waffles de tapioca fit #glutenfree

11:33:00 Ana Filipa Costa 4 Comments


Adoro começar as minhas manhãs com bons pequenos-almoços. Raramente repito o mesmo, gosto de variedade. Quem me acompanha pelo Instagram já sabe disso, pois posto regularmente fotos dos meus pequenos-almoços. É a minha rede social preferida e quem me acompanha por lá usualmente vê as receitas em primeira mão 😊


Quando pensamos em waffles, usualmente pensamos em doces, mas as que vos trago hoje são uma versão salgada, deliciosa e muito prática! Podem preparar esta massa de véspera e guardar no frigorífico para quando a pretenderem usar, assim não há a desculpa da falta de tempo pela manhã 😋

Os toppings ficam sempre ao gosto de cada um! Eu optei neste caso por adicionar um pouco de queijo cottage (queijo fresco cremoso), abacate e tomates cereja.

Para além de um delicioso pequeno-almoço, estas waffles podem perfeitamente se transformar num almoço leve e rápido para aqueles dias de preguiça ou que simplesmente nos apetece fugir do tradicional.

E o melhor de tudo? São saudáveis! 😊

Para estas receitas, em que incluo ingredientes mais saudáveis (no caso a tapioca e as sementes) costumo abastecer-me no Celeiro das Sementes, no Montijo. Têm uma boa variedade de produtos, com um atendimento personalizado e cuidado, como gosto!
Consigo comprar alguns ingredientes a granel (amêndoas, nozes, tâmaras, etc) de excelente qualidade e que uso com frequência nos meus preparados culinários.
Para além disso, a loja tem um espaço saúde, com massagens, fisioterapia, tratamentos de estética e consultas de nutrição e naturopatia com excelentes profissionais.

Para quem é da margem sul, recomendo uma visita!

Ingredientes:
2 ovos + 1 clara
2 c.sopa de queijo cottage (usei este que encontrei à venda no Continente)
4 c.sopa de tapioca
1 c.sopa de sementes à escolha (usei linhaça e chia)
sal e pimenta a gosto

Preparo - Modo Tradicional:
1) Numa tigela misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogénea.
2) Untar  a máquina de waffles com um pouco de óleo de côco e deixar que aqueça bem antes de colocar uma porção de massa (rende 4 waffles). Se não tiverem máquina de waffles podem fazer panquecas, usando preferencialmente uma frigideira anti-aderente.
3) Deixar que cozinhe bem até ficar dourado e servir com toppings a gosto.

Preparo - Com robot de cozinha:
1) No copo colocar todos os ingredientes e programar 30 segundos, velocidade 4.
2) Untar  a máquina de waffles com um pouco de óleo de côco e deixar que aqueça bem antes de colocar uma porção de massa (rende 4 waffles). Se não tiverem máquina de waffles podem fazer panquecas, usando preferencialmente uma frigideira anti-aderente.
3) Deixar que cozinhe bem até ficar dourado e servir com toppings a gosto.





4 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Crumble de alho francês [Receita em vídeo]

17:23:00 Ana Filipa Costa 3 Comments


Finalmente voltamos a ter uma receita em vídeo!
Com a chegada da bebé, as rotinas mudaram completamente, e conseguir organizar-me para filmar, editar e postar um vídeo parecer quase missão impossível (faço tudo sozinha, não me julguem, sim? 😛). Mas a verdade é que consegui! (Abençoadas mochilas porta-bebés!)

Até há bem pouco tempo atrás, não podia ver alho francês à frente, nem pintado! Não gostava mesmo nada do sabor que dava à comida.
Mas de um momento para o outro, sem grandes explicações, passei a gostar e aprendi a apreciar o seu sabor.

Agora que eu e o alho francês fizemos as pazes, já me sinto mais confortável para o usar em pratos onde possa ser a estrela principal. 😊
E que melhor forma de o fazer senão com este belíssimo crumble!

Quando pensamos em crumble (eu pelo menos sou assim) associamos imediatamente a sobremesa, a algo doce, mas a verdade é que a vertente salgada de crumble é igualmente deliciosa!
Tanto pode ser um acompanhamento com a estrela principal de uma refeição (para quem for vegetariano por exemplo).

A minha sugestão é feita com alho francês mas podem usar outro legume da vossa preferência, ou até mesmo uma mistura de vários legumes, tendo em conta esta mesma base.

Fácil, de preparar, como poderão constatar no vídeo.

Experimentem, e partilhem comigo o resultado no Instagram -@apetiscana! Eu gosto muito de ver as vossas criações 😊



Ingredientes:
⇨ 3 alhos franceses médios (descartar a parte verde, que poderá ser aproveitada para sopas)
⇨ 75g de manteiga
⇨ 50g de farinha
⇨ 200ml de caldo de galinha
⇨ 200ml de leite
⇨ 50g de queijo mozzarella ralado
⇨ 1c.sopa de mostarda em grão
⇨ sal a gosto
Para o crumble
⇨ 100g de farinha
⇨ 100g de flocos de aveia
⇨ 25g de sementes de sésamo
⇨ 1c.chá de tomilho
⇨ 25g de manteiga
⇨ 100g de queijo mozzarella ralado
⇨ 1 c.chá de sementes de mostarda
⇨ sal e pimenta a gosto

Preparo - Modo Tradicional:
1) Pré-aquecer o forno a 180ºC
2) Numa frigideira colocar 25g de manteiga e os alhos franceses lavados e cortados em rodelas finas, deixando que cozinhe até que os alhos franceses murchem e fiquem macios.
3) Dispor o preparado numa travessa que possa ir ao forno e reservar.
4) Na mesma frigideira, derreter a restante manteiga (50g) e adicionar a farinha, deixando cozinhar por 5 minutos. Adicionar então o caldo de galinha, mexendo bem para que não crie grumos. Juntar o leite e misturar bem, deixando cozinhar até engrossar.
5) Adicionar o queijo, mostarda e sal a gosto, mexer bem para incorporar e verter o preparado sobre a travessa com os alhos franceses.
6) Para o crumble, juntar a farinha, aveia as sementes de sésamo, tomilho, sal e pimenta. Incorporar com os dedos a manteiga até que o preparado se assemelhe a "areia", nessa altura adicionar os restantes ingredientes e misturar. Espalhar o crumble sobre o molho feito no passo 5).
7) Levar ao forno por cerca de 20 a 30 minutos, até que o molho borbulhe e o topo aloure.

Preparo - Com robot de cozinha:
1) Pré-aquecer o forno a 180ºC
2) No copo colocar 25g de manteiga e os alhos franceses lavados e cortados em rodelas finas. Programar 10 minutos, 100ºC, velocidade 2 inversa.
3) Dispor o preparado numa travessa que possa ir ao forno e reservar.
4) Sem limpar o copo, colocar a restante manteiga (50g), a farinha, o caldo de galinha e o leite e programar 8 minutos, 90ºC, velocidade 4.
5) Adicionar o queijo, mostarda e sal a gosto, mexer bem com a espátula, para incorporar, e verter o preparado sobre a travessa com os alhos franceses.
6) Para o crumble, no copo limpo, colocar a farinha, a aveia, as sementes de sésamo, tomilho, sal e pimenta e a manteiga e programar 30 segundos, velocidade 5. Adicionar os restantes ingredientes  e programar 30 segundos, velocidade 3. Espalhar o crumble sobre o molho feito no passo 5).
7) Levar ao forno por cerca de 20 a 30 minutos, até que o molho borbulhe e o topo aloure.



3 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Pudim de Croissant de Chocolate e Pêra

09:00:00 Ana Filipa Costa 9 Comments


Quando vi este pudim no Blog da querida Rosa - Be Nice, Make a Cake, fiquei literalmente a salivar!
Tem uma combinação de sabores que simplesmente adoro e o facto de ser super simples, cativou-me de imediato!

Marquei a receita para fazer, mas o tempo foi passando e acabei por me esquecer.
No entanto a Rosa voltou a relembra-me desta maravilha, no seu feed de Instagram, e desta vez não me esqueci de meter mãos à obra e em boa hora o fiz pois é realmente muito saboroso. 😊

Aconselho que seja comido ainda quente, e se quiserem o tornar ainda mais guloso e pecaminoso, acompanhem com uma bola de gelado.

Ingredientes:
⇨ 250g de croissants de chocolate folhados
⇨ 200ml de leite
⇨ 2 ovos
⇨ 2 colheres de sobremesa de compota de pêra
⇨ 2 colheres de sopa de nozes picadas
⇨ Canela em pó a gosto
⇨ Açúcar em pó para decorar

Preparo - Modo tradicional:
1- Cortar os croissants em pedaços pequenos e colocar num tabuleiro de ir ao forno previamente untado com manteiga.
2- Numa tigela, bater os ovos, adicionar o leite, a compota e canela. Verta por cima dos croissants e deixe repousar durante 10min.
3- Pré-aquecer o forno a 180ºC. Polvilhar o tabuleiro com as nozes, pressionar os croissants com as mãos para o líquido subir um pouco e levar ao forno durante 10min ou 15min ou até estar firme e dourado.
4) Quando estiver morno, decorar com açúcar em pó e servir.

Preparo - Com robot de cozinha:
1- Cortar os croissants em pedaços pequenos e colocar num tabuleiro de ir ao forno previamente untado com manteiga.
2- No copo, colocar os ovos, adicionar o leite, a compota e canela e programar 30 segundos, velocidade 3. Verta por cima dos croissants e deixe repousar durante 10min.
3- Pré-aquecer o forno a 180ºC. Polvilhar o tabuleiro com as nozes, pressionar os croissants com as mãos para o líquido subir um pouco e levar ao forno durante 10min ou 15min ou até estar firme e dourado.
4) Quando estiver morno, decorar com açúcar em pó e servir.




9 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Lasanha de atum, prática e económica

07:56:00 Ana Filipa Costa 9 Comments


Esta receita foi-me passada por uma querida amiga, no dia em que fomos jantar à sua casa.
A lasanha foi a escolha desse jantar, e achei-a tão saborosa que decidi que merecia não só ser re-criada como também partilhada convosco.

Costumo usar o atum em bastantes pratos, mas confesso que nunca me tinha ocorrido usá-lo em lasanha. O que achei curioso nesta receita foi a adição do fiambre que lhe conferiu um sabor especial.

 Um prato simples, descomplicado e económico que faz as delícias quer dos miúdos como dos graúdos.

Ingredientes:
➜ 1 cebola pequena
➜ 2 dentes de alho
➜ azeite qb
➜ 5 latas de atum (usei atum em água), devidamente escorridas.
➜ 250g de polpa de tomate
➜ 1 c.sopa de salsa desidratada
➜ 1 c.chá de açúcar
➜ sal, pimenta e noz moscada a gosto
➜ folhas de lasanha
➜ 400ml de natas
➜ 500ml de molho béchamel
➜ 250g de queijo flamengo fatiado
➜ 200g de fiambre fatiado
➜ 2 c.sopa de queijo ralado

Preparo - Modo Tradicional:
1) Começar por preparar um refogado com a cebola e alhos descascados e picados, regados com um fio de azeite.
2) Quando a cebola estiver translúcida adicionar o atum e envolver bem de maneira a que todo o atum fique desfeito.
3) Adicionar a polpa de tomate e o açúcar, temperar com sal, pimenta e noz moscada a gosto e juntar a salsa. Deixar a mistura cozinhar até que fique bem homogénea e cremosa.
4) Para a montagem da lasanha, começar por dispor um pouco de molho béchamel e natas no fundo de uma travessa, por cima do molho dispor folhas de lasanha, um pouco da mistura de atum, fatias de fiambre e queijo.
5) Repetir o passo 4 até que termine o recheio de atum, sendo que a última camada deve ser de folhas de lasanha cobertas com molho béchamel e natas. Salpicar a lasanha com queijo ralado e levar ao forno, a 180ºC por cerca de 30 minutos ou até que fique dourada e a massa macia (quando espetada com um garfo).



Preparo - Com robot de cozinha:
1) Começar por preparar um refogado. No copo colocar a cebola e alhos descascados e programar 5 segundos, velocidade 5. Juntar um fio de azeite e programar 5 minutos, varoma, velocidade 1.
2) Adicionar o atum, a polpa de tomate e o açúcar, temperar com sal, pimenta e noz moscada a gosto e juntar a salsa e programar 10 minutos, varoma, velocidade 1.
3) Para a montagem da lasanha, começar por dispor um pouco de molho béchamel e natas no fundo de uma travessa, por cima do molho dispor folhas de lasanha, um pouco da mistura de atum, fatias de fiambre e queijo.
4) Repetir o passo 4 até que termine o recheio de atum, sendo que a última camada deve ser de folhas de lasanha cobertas com molho béchamel e natas. Salpicar a lasanha com queijo ralado e levar ao forno, a 180ºC por cerca de 30 minutos ou até que fique dourada e a massa macia (quando espetada com um garfo).




9 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)