Acompanhamento,

#fingerfood - 5 Petiscos para Festas

00:22:00 Ana Filipa Costa 3 Comments


Nem acredito nisto...! Ainda "ontem" estávamos no início de Dezembro e assim num piscar de olhos já estamos a pensar no ano novo... Caramba o tempo voa!

Chegou a altura do ano em que fazemos o balanço do ano que passou, começamos as promessas para o ano que entra, quem é de listas, por esta altura já tem uma listinha com tudo o que pretende fazer/alcançar no ano de 2017, certo? 😁

Com listas ou sem elas, a verdade é que o novo ano está mesmo aí à porta e os preparativos para a festa já começaram! 
Da minha parte, posso ajudar com umas sugestões de petiscos para a vossa mesa, o que me dizem?
São todas sugestões simples de preparar, com poucos ingredientes e principalmente deliciosas!

Desejo-vos um excelente ano de 2017! Que os vossos sonhos/objectivos se realizem, afinal sonhos realizados trazem motivação e a motivação faz-nos chegar mais longe! 😊
Sejam felizes!


Receitas desenvolvidas em parceria com a Hoover.




⇝ Batatas Hasselback 
Ingredientes:
  • 12 batatas para assar pequenas com casca
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1 fio generoso de azeite
  • 4 fatias de bacon picado
  • 4 c.sopa de queijo ralado
  • sal e pimenta a gosto
Modo de Preparo:
Cortar as batatas, colocando-as entre duas colheres de pau para que o corte não atravesse toda a batata, formando uma espécie de sanfona.
Temperar com sal e pimenta e regar com azeite.
Levar ao forno a 190ºC com a opção de aquecimentos superior e inferior com ventilador por 30 minutos.
Passados os 30 minutos, retirar do forno, rectificar temperos se necessário e salpicar o bacon e queijo ralado. Retornar ao forno por mais 15 minutos até dourar.



⇝ Dip de pizza
Ingredientes:
  • 2 c.sopa de queijo da ilha ralado
  • 2 c.sopa de queijo mozzarella ralado
  • 2 c.sopa de queijo da serra seco ralado
  • 1 c.sopa de queijo edam ralado
  • 4 c.sopa de molho de tomate
  • 1 c.sopa de orgãos
  • sal a gosto
  • 1 pitada de alho em pó
Modo de Preparo:
  1. Numa travessa colocar metade do queijo ralado, eu usei uma mistura de vários queijos que tinha em casa, usem o que mais gostarem, do salpicão fatiado e do molho de tomate ao qual juntei um pouco de sal, orgãos e alho em pó.
  2. Repetir o processo do passo 1 com os restantes ingredientes e levar ao forno a 190ºC com a opção de aquecimentos superior e inferior com ventilador por 15 minutos.

⇝ Tâmaras com bacon
Ingredientes:
  • 12 tâmaras descaroçadas
  • 6 fatias de bacon (cortadas ao meio)
Modo de Preparo:
  1. Enrolar tâmaras descaroçadas em tiras de bacon e prendê-las com um palito.
  2. Levar ao forno levar ao forno a 190ºC com a opção de aquecimentos superior e inferior com ventilador por 15 minutos a 20 minutos.

⇝ Tarte Soleil:
Ingredientes:
  • 4 fatias de queijo
  • 4 c.sopa de queijo ralado
  • 12 fatias de salpicão ou fiambre
  • 2 bases de massa folhada redonda
Modo de Preparo:
  1. Esticar uma base redonda de massa folhada e sobre ela dispor o queijo e o salpicão ou fiambre (esta tarte também pode ser feita com chocolate ou açúcar e canela caso assim o desejem).
  2. Tapar o recheio com outra base de massa folhada redonda e no centro da mesma colocar uma tigela pequena, que será o centro do sol.
  3. Cortar tiras à volta da tigela, que formarão os raios de sol.
  4. Torcer cada uma das tiras 2 a três vezes.
  5. Levar ao forno levar ao forno a 190ºC com a opção de aquecimentos superior e inferior com ventilador por 15 minutos a 20 minutos.


⇝ Bruschettas de Salmão Fumado
Ingredientes:
  • 6 fatias grossas de pão
  • 1 dente de alho
  • pimenta a gosto
  • azeite a gosto
  • 1 queijo fresco grande (ou requeijão)
  • 6 fatias de salmão fumado 
  • endro ou cebolinho a gosto
Modo de Preparo:
  1. Cortar pão em fatias grossas, e sobre cada fatia esfregar metade de um alho para dar sabor, regar com azeite e temperar com pimenta a gosto.
  2. Levar ao forno levar ao forno a 190ºC com a opção de aquecimentos superior e inferior com ventilador por 10 minutos.
  3. Passado esse tempo preparar a cobertura, esmagando um queijo fresco e dispondo pequenas porções do mesmo sobre cada fatia, em seguida colocar pedaços de salmão fumado e por fim raminhos de endro ou cebolinho.

3 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Hoover,

#Sugestão de Natal - Bacalhau fresco com crosta de broa e azeitonas

10:00:00 Ana Filipa Costa 2 Comments



Na mesa da consoada o Bacalhau é rei!
Nós aqui por casa não temos o hábito da bacalhau cozido com todos, comemos usualmente migas de bacalhau com couve, uma receita que vem da família do meu avô materno e que, por ser tão apreciada, é sempre escolhida para a noite da véspera de Natal.
Contudo, sei que hoje em dia já muitas famílias optam por experimentar novas formas de comer bacalhau na consoada.
A receita que apresento é uma excelente forma de comer o tão tradicional bacalhau, mas com uma apresentação e sabor diferentes, e que irão surpreender pela positiva!
Usando o bacalhau fresco, obtemos uma textura e um sabor diferente, realmente delicioso.

Esta foi também a receita escolhida para experimentar o meu novo forno Hoover, e deixem-me que vos diga, que maravilha! 😊
Veio mesmo a calhar para esta altura do ano, uma vez que recebemos a família em casa e precisamos de usar bastante o forno para as carnes assadas, bolos, sobremesas.... Muito espaçoso, potente, eficiente e silencioso é sem dúvida uma aquisição de peso para qualquer cozinha. Nota-se muito que estou encantada?

Esta será a última receita que partilho convosco antes do Natal.
Para a semana que vem estou de volta, com algumas sugestões para o ano novo!

Até lá vou aproveitar para desfrutar de bons momentos com a família, afinal de contas, é essa é a essência do Natal não é verdade?

A todos os meus leitores e amigos, um Feliz Natal!

Que seja passado em harmonia e paz.

Receita desenvolvida em parceria com a Hoover.


Ingredientes:

  • 1 Tranche Inteira de Bacalhau Fresco Iglo
  • Sal e pimenta a gosto
  • 150g de broa de milho (receita aqui)
  • 3 c.sopa de azeitonas pretas descaroçadas
  • 2 dentes de alho
  • tomilho fresco a gosto
  • azeite
  • 6 batatas doces pequenas descascadas 
  • 4 folhas de couve portuguesa
  • 1 cenoura descascadas
  • 1 chalota descascada
  • 6 cogumelos frescos
  • 2 c.sopa de manteiga derretida
Modo de Preparo:

  1. Numa travessa, colocar a tranche de bacalhau fresco, temperar de sal e pimenta e reservar.
  2. Triturar a broa com as azeitonas, os alhos, o tomilho e um fio de azeite.
  3. Dispor a mistura sobre o bacalhau e levar ao forno, pré-aquecido a 200ºC, com a opção de aquecimentos superior e inferior com ventilador por 20 minutos.
  4. Enquanto isso cortar as batatas doces em rodelas grossas, colocar numa panela, juntamente com a cenoura fatiada, e as folhas de couve grosseiramente desfeitas, cobrir com água, temperar com sal a gosto e deixar levantar fervura, contando 5 minutos depois disso.
  5. Depois dos 5 minutos, escorrer a água e colocar as batas numa travessa, regar com manteiga e reservar.
  6. Picar a chalota finamente, colocar numa frigideira, regar com um fio de azeite e refogar até que fique translúcida. Adicionar os restantes legumes (cenoura, couve e cogumelos) e saltear. Dispor os legumes numa travessa e levá-los ao forno, juntamente com as batatas e o bacalhau. Aumentar a temperatura para os 220ºC e colocar na opção grill com ventilador para terminar de cozinhar e dourar.








2 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bolos,

Pastéis de arroz doce

10:06:00 Ana Filipa Costa 8 Comments


Melhor do que arroz doce, só mesmo pastéis de arroz doce! 😊
Já havia visto quer em revistas, como em outros Blogs, esta sugestão e o conceito sempre me fascinou.
É que eu adoro arroz doce, e adoro pastéis com massa folhada, por isso juntar as duas coisas, pareceu-me divinal! 

Aproveitei o facto de ter partilhado convosco há bem pouco tempo uma sugestão de arroz doce (podem ver aqui) para vos dar mais esta ideia, que pode perfeitamente juntar-se ao grupo de receitas a marcar presença na vossa mesa de Natal.

Simples e bem gulosos, são irresistíveis!

*receita para 16 pastéis
Ingredientes:
  • 200g de arroz doce (podem fazer de raiz ou usar sobras de arroz doce, receitas aqui)
  • 1 saqueta de leite creme instantâneo (usei El Mandarim)
  • 500ml de leite
  • 4 c.sopa de açúcar
  • 1 base de massa folhada rectângular
Modo de Preparo:
  1. Começar por preparar o leite de creme conforme as instruções do fabricante, no caso usei leite creme El Mandarim e para o mesmo adicionei 500ml de leite e 4 c.sopa de açúcar, levando a mistura ao lume até engrossar.
  2. Misturar o leite de creme com o arroz doce (para esta receita o arroz doce deve ficar mais sequinho, o resultado final será mais satisfatório), envolvendo bem até obter um preparado homogéneo. Reservar.
  3. Esticar a massa folhada e fazer com ela um rolo pelo lado mais comprido.
  4. Cortar o rolo em 16 parte iguais. Untar 16 forminhas de pasteís com um pouco de manteiga e forrar cada forminha com um pedaço de massa folhada.
  5. Rechear as forminhas com o arroz doce e levá-las ao forno pré-aquecido a 180ºC por cerca de 20 minutos ou até que a massa esteja cozida e o topo douradinho.
  6. Desenformar, deixar arrefecer completamente e polvilhar com açúcar e canela em pó antes de servir.








8 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Hoover,

#Sugestões de Natal - Arroz doce no Micro-Ondas

08:40:00 Ana Filipa Costa 8 Comments




Na mesa de Natal não pode faltar o arroz doce não é verdade?

Para estrear o meu novo micro-ondas, e porque o Natal está mesmo à porta, decidi fazer esta tão tradicional receita de uma forma não tão tradicional mas igualmente deliciosa. 😊


Fazer arroz doce no micro-ondas foi uma estreia para mim, nunca imaginei que fosse possível e fiquei agradavelmente surpreendida com o resultado final.
É pratico, rápido e fácil, numa altura em que costumamos andar ao reboliço na cozinha, digamos que estes requisitos são mais do que bem vindos não é verdade?

Deixem o micro-ondas fazer o arroz enquanto preparam as filhoses, ou sonhos, ou o bacalhau... 😋

Ingredientes:
  • 200g de arroz carolino
  • 750g de água
  • uma pitada de sal
  • casca de limão a gosto
  • 1 pau de canela
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 gema
  • Canela em pó a gosto
Modo de Preparo:
  1. Num recipiente apto para micro-ondas (preferencialmente alto), colocar o arroz, água, sal, limão e pau de canela e tapar com tampa própria para Micro-ondas. Levar ao micro-ondas por 20 minutos na potência máxima (a água deverá evaporar quase na totalidade) - no Micro-ondas Hoover, seleccionar o programa A6 + B2 + 200g e deixar cozinhar os primeiros 20 minutos antes de passar ao passo 2.
  2. Adicionar o leite condensado e a gema e levar ao microondas por até mais 8 minutos (façam de um em um minuto até obter a consistência desejada) - No meu caso, como queria um arroz mais saquinho, fiz até aos 8 minutos, se gostarem mais cremoso, façam de 2 a 4 minutos.
  3. Colocar numa travessa, deixar arrefecer e polvilhar com canela em pó a gosto.
Receita desenvolvida em parceria com a Hoover.





8 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Hoover,

Parceria Hoover

12:16:00 Ana Filipa Costa 6 Comments

Hoje não trago receita, mas trago ótimas notícias! 😀

É com grande satisfação que informo que a marca Hoover é a nova parceira do Blog!



A história da Hoover, que conta já com mais de 100 anos, nasceu com a criação de um aspirador, pensado inicialmente por Murray Spangler e mais tarde aperfeiçoado por William H. Hoover.

Em 1908, nos Estados Unidos, nasce a Hoover e, depois do seu êxito em casa, vira imediatamente a sua atenção para o exterior. Em 1911 estabelece os primeiros contactos comerciais com o Canadá, e em 1919 entra no mercado britânico.
O rápido crescimento faz com que, em poucos anos, a Hoover esteja presente em quatro continentes.

Hoje em dia a Hoover produz e comercializa uma vasta gama de grandes electrodomésticos, com um posicionamento alto, baseado na inovação contínua e num design de vanguarda.

Irei falar-vos um pouco dos meus dois novos ajudantes aqui em casa, o Micro-Ondas e Forno Hoover.  Vieram sem dúvida nenhuma alegrar e embelezar a minha cozinha!!! 😊

  • Grade Inversor FORNO DE MICRO-ONDAS Hoover (Modelo: HMGI25TB)  com tecnologia Inverter permite uma cozedura uniforme da comida, evitando que fique cozinhada por fora e crua por dentro ou demasiado seca, com capacidade de 25L e grill.



O micro-ondas tem 32 programas automáticos de cozedura, de entre os quais Comida Saudável (iogurtes, legumes, alimentos fumados, papas de aveia), Pães e Bolos (tarte, pão ou bolos fermentados, pizza integral) e Pasta/Cereais (massa integral, arroz integral, cevada, quinoa), que permitem de uma forma rápida e simples obter preparados deliciosos.


Para além do seu visual lindíssimo, já tive a oportunidade de o testar e posso dizer que é fantástico! Bastante silencioso e a comida fica realmente saborosa.

A evolução que estes equipamentos têm sofrido ao longo dos anos, prova que um micro-ondas serve muitos mais propósitos que os que habitualmente lhe damos (aquecer leite, derreter manteiga ou chocolate...). Estou bastante curiosa com a possibilidade fazer pão e iogurtes no micro-ondas, algo que nunca me ocorreu que fosse possível!

  • Forno Hoover (Modelo: HOA 03 VX WIFI), com iluminação por led (Led Vision), Função Wizard que nos permite controlar o forno via WiFi, capacidade de 78L, temperaturas até 280ºC, porta Soft Close que não deixa a porta do forno fechar-se de forma abrupta, grill, um tabuleiro e 2 prateleiras.

Para além disso tem ainda 10 programas de cozedura de entre os quais destaco o Grill+Ventilador, Manter Quente, Pizza, Grill+Espeto+Ventilador.


Estou em pulgas para testar este menino! Tem 3 características que gosto particularmente:

  • as luzes LED, que facilitam  a visualização da comida enquanto cozinha, para além de serem de baixo consumo, o que as torna mais económicas.
  • o painel digital é bastante intuitivo
  • a opção WIFI, que através do tablet/smartphone permite controlar o forno. Posso colocar o forno a pré-aquecer mesmo antes de chegar a casa! Para mim que trabalho no ramo informático, considero esta tecnologia 5 estrelas! 
Nos próximos tempos, irei testar/publicar várias receitas com o auxílio dos equipamentos Hoover. Receitas para o dia-a-dia ou para momentos especiais. Fiquem atentos!



6 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

#14 Sugestões de Natal - Filhós de abóbora

07:40:00 Ana Filipa Costa 11 Comments


Filhós... Sonhos... O nome pode variar, mas o sabor não engana 😊
Este é um dos doces mais típicos e mais facilmente encontrado numa mesa de Natal.

Variamos entre esta opção e a de filhoses estendidas (que muitos chamam de coscorões), assim não enjoamos e não abusamos nas opções fritas, já que a época natalícia é tão propícia a exageros.

Podem substituir a abóbora por cenoura, e também as podem fazer espalmadas ao invés de em formato de bola, fazendo em bolas é menos trabalhoso, e não interfere no sabor.

As filhós de abóbora são melhores no próprio dia, tendem a ficar um pouco secas depois disso.
Uma opção é fazerem uma calda de açúcar aromatizada com canela e limão, para as regar e assim torná-las mais suculentas (e ainda mais gulosas! 😋).

🎄Ingredientes:

  • 500g de água
  • 200g de abóbora descascada, sem caroços e cortadas em pedaços
  • 30g de óleo
  • raspas de 1 laranja
  • 50g de sumo de laranja
  • 3 ovos
  • 25g de fermento de padeiro fresco
  • 10g de aguardente
  • 600g de farinho (tipo 65)
  • óleo para frita
  • açúcar e canela para polvilhar

🎄Preparo - Modo tradicional:

  1. Numa panela, colocar a água e a abóbora, levar a cozer até que picando com um garfo, esteja macia. Escorrer a água e reservar até que arrefeça completamente.
  2. Numa tigela, colocar a abóbora escorrida, o óleo, as raspas e sumo de laranja e os ovos e misturar bem até obter umas mistura homogénea.
  3. Juntar o fermento e a aguardente e misturar até incorporar.
  4. Adicionar metade da farinha, até envolver bem.
  5. Adicionar a restante farinha e amassar bem, até que a massa fique bem elástica. Colocar a massa numa tigela grande e deixar dobrar de volume.
  6. Com as mãos untadas com óleo formar bolas e fritar no óleo quente (se quiserem, depois de formar as bolas, podem espalmá-las).
  7. As bolas irão virar-se sozinhas, quando atingirem o ponto certo de fritura de um dos lados, depois basta tomarem conta que esteja dourado no outro lado, retirar do óleo e colocar sobre papel de cozinha para absorver o excedente de gordura.
  8. Depois de secas, passá-las pelo açúcar e canela.

🎄Preparo - Com robot de cozinha:

  1. No copo, colocar a água e a varoma com a abóbora e programar 15 minutos, varoma, velocidade 2. Retirar da varoma e reservar até que arrefeça completamente.
  2. No copo, colocar a abóbora escorrida, o óleo, as raspas e sumo de laranja e os ovos e programar 10 segundos, velocidade 7.
  3. Juntar o fermento e a aguardente e programar 5 segundos, velocidade 4.
  4. Adicionar metade da farinha e programar 5 segundos, velocidade 6.
  5. Adicionar a restante farinha e programar 2 minutos, velocidade espiga. Colocar a massa numa tigela grande e deixar dobrar de volume.
  6. Com as mãos untadas com óleo formar bolas e fritar no óleo quente (se quiserem, depois de formar as bolas, podem espalmá-las).
  7. As bolas irão virar-se sozinhas, quando atingirem o ponto certo de fritura de um dos lados, depois basta tomarem conta que esteja dourado no outro lado, retirar do óleo e colocar sobre papel de cozinha para absorver o excedente de gordura.
  8. Depois de secas, passá-las pelo açúcar e canela.




11 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

Mistura de caril caseira para um Caril de Lulas

10:50:00 Ana Filipa Costa 7 Comments


Sou fã de sabores indianos! Adoro o contraste dos sabores, e a sua intensidade.
Confesso que quando ouvia falar de caril, achava que se trata-se de uma especiaria final, assim como é por exemplo o açafrão, ou a canela, mais tarde percebi que o caril é uma mistura de especiarias e existem infinitas possibilidades e combinações de sabores.

Contudo, há uma especiaria em particular, que deve estar sempre presente e é a que dá o sabor característico ao Caril, o Feno Grego, a olho nu, parece pólen de abelha, e se o cheirarmos, imediatamente pensamos em caril!

A mistura que hoje vos ensino, é simples de preparar e resulta muito bem também como prendas caseiras, para oferecer no Natal. Uma oferta exótica que será certamente bastante apreciada!

Podem encontrar outras receitas de caril aqui.
A de hoje é uma que gostamos bastante de fazer aqui em casa, e que resulta sempre bem.
Espero que gostem, bons cozinhados! 😊


Ingredientes para a mistura de Caril:

  • 2 malaguetas secas
  • 4 c.sopa de sementes de coentros moídos
  • 3 c.sopa de cominho em pó
  • 1 c.chá de sementes de feno grego
  • 1 c.chá de mostarda em grão
  • 1 c.chá de pimenta preta em grão
  • 1 c.sopa de açafrão
  • 1 c.chá de gengibre em pó
Preparo da mistura de caril - Modo Tradicional:

  1. Numa frigideira, preferencialmente anti-aderente, colocar as malaguetas, as sementes de coentros moídas, o cominho, as sementes de feno grego, a mostarda e a pimenta e levar ao lume médio, até que as especiarias comecem a libertar os seus aromas, cerca de 2 minutos.
  2. Juntar à mistura do ponto 1 os restantes ingredientes e triturar muito bem até obter um pó uniforme. Conservar em frasco hermético à temperatura ambiente.

Preparo da mistura de caril - Com robot de cozinha:
  1. No copo colocar as malaguetas, as sementes de coentros moídas, o cominho, as sementes de feno grego, a mostarda e a pimenta e programar 2 minutos, varoma, velocidade 2.
  2. Juntar à mistura do ponto 1 os restantes ingredientes e programar 40 segundos, velocidade 9. Conservar em frasco hermético à temperatura ambiente.

Ingredientes para o Caril de Lulas:

  • 1 Kg de lulas arranjadas e cortadas em tiras
  • 3 c.sopa de sumo de lima
  • 2 c.sopa de óleo
  • 2 cebolas pequenas (ou 1 grande)
  • 3 dentes de alho
  • 5 g de gengibre fresco sem a pele
  • 1 pau de canela
  • 1/2 c.chá de açafrão
  • 1 c.sopa de caril (usei a mistura caseira acima apresentada)
  • 4 vagens de cardamomo
  • 4 cravinhos
  • 200 ml de leite de côco
  • sal e pimenta qb
  • Coentros picados qb

Preparo do Caril de Lulas - Modo Tradicional:

  1. Temperar as lulas com o sumo de lima e reservar.
  2. Numa frigideira, preferencialmente anti-aderente, colocar o óleo, a cebola e o alho picado e o gengibre ralado e refogar até que a cebola fique translúcida.
  3. Adicionar a canela, açafrão, caril, caramono e os cravinhos e deixar libertar todos os aromas em lume médio por cerca de 2 minutos.
  4. Adicionar o leite de côco, temperar com sal e pimenta a gosto e deixar a mistura cozinhar, tapada, por cerca de 5 minutos.
  5. Juntar as lulas e deixar cozinhar, mexendo ocasionalmente, por cerca de 10 minutos.
  6. Polvilhar os coentros finamente picados e servir com arroz basmati branco.

Preparo do Caril de Lulas - Com robot de cozinha:
  1. Temperar as lulas com o sumo de lima e reservar.
  2. No copo colocar o óleo, a cebola, os alhos e o gengibre e programar 5 minutos, varoma, velocidade 1.
  3. Adicionar a canela, açafrão, caril, cardamomo e os cravinhos e programar 2 minutos, varoma, velocidade 1. 
  4. Adicionar o leite de côco, temperar com sal e pimenta a gosto e programar 7 minutos, 100ºC, velocidade 2.
  5. Adicionar as lulas e programar 7 minutos, 100ºC, velocidade colher inversa. Programar em seguida, sem o copo de medida, 5 minutos, varoma, velocidade colher inversa.
  6. Polvilhar os coentros finamente picados e servir com arroz basmati branco.



7 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

#13 Sugestões de Natal - Pão de Laranja e Canela em formato Pai Natal

22:13:00 Ana Filipa Costa 5 Comments


Hoje a sugestão é de um pão doce pensado especialmente para decorar a mesa de Natal. 😁
Haverá coisa mais fofa que isto?

Adoro massas de pão e esta em particular é simplesmente perfeita para este tipo de preparos. Muito maleável e muito saborosa, vai fazer sucesso!

A receita é baseada na receita de trança do Livro Base da Bimby, ao qual fiz algumas alterações que resultaram num pão muito saboroso.

Experimentem fazer esta delícia! E se a fizerem, partilhem o resultado comigo, vou adorar ver as vossas criações!

🎄Ingredientes:
  • 250g de leite
  • 100g de manteiga
  • 150g de açúcar
  • 20g de fermento de padeiro fresco (ou 1 saqueta de fermento padeiro seco)
  • 2 ovos + 1 para pincelar
  • 700g de farinha (usei tipo 55)
  • 1 pitada de sal
  • raspas de 1 laranja
  • 1 c.sopa de canela
  • 1 ameixa seca sem o caroço

🎄Preparo - Modo Tradicional:
  1. Num fervedor colocar o leite, a manteiga e o açúcar e levar ao lume brando até que a manteiga esteja totalmente derretida. Deixar a mistura arrefecer até que seja tolerável colocar o dedo dentro do leite.
  2. Adicionar o fermento e os 2 ovos e misturar bem.
  3. Adicionar a farinha, o sal, as raspas de laranja e a canela e amassar bem por pelo menos 5 minutos, até que a massa se descole das mãos e esteja elástica.
  4. Transferir para uma tainha enfarinhada e deixar a massa levedar 20 minutos em local morno.
  5. Seguir os passos abaixo para formar o Pai Natal e depois de pronto e decorado, levar ao forno pré-aquecido a 50ºC até que dobre de volume e em seguida, aumentar a temperatura para 180ºC e deixar cozer cerca de 25 minutos ou até dourar.
🎄Preparo - Com Robot de cozinha

  1.  No copo colocar o leite, a manteiga e o açúcar e programar 2 minutos, 37ºC, velocidade 2.
  2. Adicionar o fermento e os 2 ovos e programar 10 segundos, velocidade 6.
  3. Adicionar a farinha, o sal, as raspas de laranja e a canela e programar 3 minutos, velocidade espiga.
  4. Transferir para uma tainha enfarinhada e deixar a massa levedar 20 minutos em local morno.
  5. Seguir os passos abaixo para formar o Pai Natal e depois de pronto e decorado, levar ao forno pré-aquecido a 50ºC até que dobre de volume e em seguida, aumentar a temperatura para 180ºC e deixar cozer cerca de 25 minutos ou até dourar.

1º - Separar a massa em 6 parte, sendo 4 delas tamanho grande e duas tamanho pequeno (nariz e pompom do barrete).
2º - Esticar uma das partes grandes no formato de uma pêra
3º - Dobrar o topo mais pequeno de forma a fazer a dobra do barrete
4º - Adicionar o pompom (uma das partes menores) e com uma das partes maiores fazer uma barra que irá formar a dobra inferior do barrete (que geralmente é a parte branca fofinha)
5º - Adicionar o nariz (a última das duas parte mais pequenas da massa)
6º - Esticar a 3ª parte maior da massa de forma a obter a metade de um ovo, que irá formar a barba.
7º - Cortar tiras finas na barba, tendo o cuidado de deixar uma base sem cortar, onde irá assentar o bigode
8º - Torcer cada uma dessas tiras finas, para formar os caracóis da barba.
9º - Com o último pedaço de massa, formar uma barra que colocaremos sobre a barba.
10º - Torcer uma vez a barra para obter o formato do bigode.
11º - Repetir o passo 7 mas desta vez para o bigode
12º - Repetir o passo 8  mas desta vez com as tiras do bigode
1º - Usar corante alimentar vermelho (usei gel, podem usar líquido ou em pó)
2º - Adicionar umas gotas de corante a um ovo
3º - Bater o ovo até obter uma mistura homogénea e da cor pretendida
4º - Pintar o barrete (evitar o pompom e a tira inferior), o nariz e as bochechas. Misturar umas gotas de água em 4 c.sopa de açúcar e salpicar a mistura pelo pompom, tira inferior do barrete e barba/bigodes do Pai Natal. Para os olhos, devir a ameixa em duas partes e colocar acima do nariz.



5 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Bimby,

#12 Sugestões de Natal - Bolachas de Gengibre [Receita em vídeo]

09:00:00 Ana Filipa Costa 10 Comments


Continuando a saga natalícia, desta feita algo doce!
Biscoitos de gengibre, são a típica bolacha desta quadra. Finas, estaladiças e aromáticas são absolutamente irresistíveis.

E mais ainda são ótimas para incluir a criançada e entretê-los durante as mini-férias.

Podem ser simples ou decoradas, a escolha é vossa. O único cuidado a ter, se optarem pelas decoradas, é que devem deixar a cobertura secar completamente antes de guardar, caso contrário, as decorações podem ficar danificadas.

Para servir na mesa de Natal ou oferecer como prenda, são o tipo de receita base que deve constar de qualquer livro de receitas.



*rende aproximadamente 60 bolachas*
Ingredientes:
Bolachas
  • 180g de manteiga à temperatura ambiente
  • 400g de farinha de trigo sem fermento
  • 150g de açúcar amarelo
  • 1 c.sopa de melaço (podem usar mel em substituição)
  • 1 ovo
  • 1 c.chá de fermento
  • 2 c.chá de canela
  • 2 c.chá de gengibre
Cobertura
  • 90g de açúcar em pó
  • meia clara de ovo
  • 2 c.sopa de sumo de limão
Preparo - Modo Tradicional:
  1. Começar por bater a manteiga com o açúcar até ficar uma mistura cremosa. Adicionar então o mel e aos poucos o ovo batido, alternando com umas colheres de sopa de farinha.
  2. Juntar a restante farinha, o fermento e as especiarias e envolver bem.
  3. Moldar a massa numa bola e enrolar em película aderente.
  4. Levar ao frigorífico por 1 hora.
  5. Numa superfície enfarinhada, estender a massa com um rolo (com a espessura aproximada de 0,5 cm) e cortar as bolachas no formato desejado.
  6. Dispor as bolachas num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC por 10 minutos, deixar arrefecer numa grelha antes de decorar e/ou guardar.
  7. Para a cobertura, misturar vigorosamente (cerca de 5 minutos) o açúcar com a clara e o sumo de limão, até obter um preparado liso e brilhante. Colocar num saco de pasteleiro de bico fino, ou, como no meu caso, num saco pequeno, em que cortei a ponta. (se quiserem coberturas coloridas, basta adicionar corantes a esta base).
  8. Decorar as bolachas com a cobertura a gosto e esperar que seca completamente antes de guardar em recipiente hermético (para manter a textura estaladiça).

Preparo - Com robot de cozinha:
  1. No copo colocar a manteiga, o açúcar,  o mel e o ovo batido e programar 1 minuto, velocidade 3.
  2. Com a máquina em funcionamento na velocidade 3 juntar a farinha, o fermento e as especiarias e deixar envolver ligeiramente. Programar 1 minuto, velocidade espiga.
  3. Moldar a massa numa bola e enrolar em película aderente.
  4. Levar ao frigorífico por 1 hora.
  5. Numa superfície enfarinhada, estender a massa com um rolo (com a espessura aproximada de 0,5 cm) e cortar as bolachas no formato desejado.
  6. Dispor as bolachas num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC por 10 minutos, deixar arrefecer numa grelha antes de decorar e/ou guardar.
  7. Para a cobertura, misturar vigorosamente (cerca de 5 minutos) o açúcar com a clara e o sumo de limão, até obter um preparado liso e brilhante. Colocar num saco de pasteleiro de bico fino, ou, como no meu caso, num saco pequeno, em que cortei a ponta. (se quiserem coberturas coloridas, basta adicionar corantes a esta base).
  8. Decorar as bolachas com a cobertura a gosto e esperar que seca completamente antes de guardar em recipiente hermético (para manter a textura estaladiça).


10 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)

Carne,

#11 Sugestões de Natal - Perna de peru assada no forno

09:00:00 Ana Filipa Costa 4 Comments


À semelhança do que já fiz no ano passado (poderão ver as sugestões aqui), durante o mês de Dezembro irei partilhar convosco algumas sugestões natalícias, não só tradicionais, mas também alternativas, para quem gosta de se aventurar em sabores novos ou simplesmente quer fazer algo diferente.

Começamos já a pensar no dia de natal, com o Peru, o rei de muitas mesas nesse dia.
Optei por vos trazer uma receita simples, que poderão preparar de véspera (a marianada e as batatas  - poderão descascar e deixar em água ou então, mais simples ainda, optarem pelas batatas de assar congeladas) assim ficarão com o tempo livre para desfrutar da família, afinal essa é a real essência desta quadra.

Confesso que aqui em casa, este prato é comum, não só na época natalícia. É algo que adoramos e por isso fazemos com frequência, geralmente aos domingos.

É um prato que associo a família, a conforto e a coisas boas 😊

🎄 Ingredientes:

  • 1 perna de peru
  • 1 laranja
  • 1 limão
  • 2 hastes de alecrim
  • sal e pimenta a gosto
  • 2 dentes de alho
  • algumas bagas de zimbro
  • 2 hastes de carqueja
  • 1 cebola
  • 1 c.sopa de massa de pimentão 
  • 2 c.sopa de azeite
  • 1 cálice de vinho branco
  • 1 cálice de água
  • 1 c.sopa de vinagre
  • 1 c.sopa de molho de Tabasco Jalapeño Suave
  • 1 kg de batatas para assar

🎄 Modo de Preparo

  1. Num recipiente grande, colocar a perna de peru (previamente golpeada), a laranja fatiada com a casca, o limão fatiado com a casca, o alecrim, sal e pimenta a gosto, o alho, as bagas de zimbro e a carqueja. Cobrir totalmente com água e deixar marinar por pelo menos 8 horas (se for para um almoço, idealmente preparar a marinada na noite anterior).
  2. Numa panela de pressão colocar a perna de peru marinada, descartar a água, a laranja e o limão e adicionar os restantes temperos também à panela.
  3. Juntar a massa de pimentão, o azeite, o vinho branco,  a água, o vinagre e o tabasco e rectificar de sal e pimenta. 
  4. Levar a cozinhar na panela de pressão em lume alto e quando começar a ferver, baixar o lume para médio e contar 20 minutos.
  5. Retirar da panela, dispor num tabuleiro de forno, juntar as batatas e regar com o molho da cozedura. 
  6. Levar ao forno a 200ºC até dourar (dependendo do forno pode demorar de 30 a 40 minutos).
 


4 comentários:

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)