Bimby,

Pão de alfarroba e sementes, estaladiço por fora e fofinho por dentro

09:53:00 Ana Filipa Costa 10 Comments


A partilha de hoje, foi escolhida pelos seguidores da Petiscana no Instagram!
Fiz uma sondagem para saber se queriam ver publicada primeiro a receita deste pão ou a receita de bifes ao molho de cogumelos. A votação foi renhida, mas a decisão recaiu sobre este pão! 😊



Fazer pão é casa é terapêutico.
Amassar, ver a massa crescer e a sua transformação, é algo perfeito!
Gosto de fazer experiências com junção de sabores diferentes e este pão foi o resultado de uma dessas experiências. O sabor da alfarroba é equilibrado, o pão fica estaladiço por fora e fofo por dentro, e as sementes conferem-lhe uma textura diferente.

Os "truques" que uso para que o pão me saia bem são simples e ao alcance de todos:

↪ usar fermento de boa qualidade (pessoalmente prefiro o seco, acho que o fermento fresco confere um sabor demasiado intenso ao pão, que pessoalmente não aprecio)
↪ respeitar os tempos de levedação das massas, a pressa é inimiga da perfeição
↪ as massas levedam melhor em locais quentes, por isso normalmente o que faço é ligar o micro-ondas (vazio) por 30 segundos na potência máxima e em seguida, já desligado mas quente, coloco a massa para levedar o tempo indicado na receita.
↪ colocar um recipiente com água no fundo do forno durante a cozedura do pão. Vai ajudar com a humidade da massa e deixar o exterior do pão mais estaladiço.

Este pão ainda morno, barrado com manteiga é simplesmente divinal! 😊

Ingredientes:
→ 50g de farinha de alfarroba
→ 450g de farinha de trigo tipo 65 (podem optar pela farinha integral)
Nota: Podem substituir as duas farinhas acima pela mistura já pronta da Nacional, usando assim 500g da mesma (o resultado será o mesmo, é uma questão de preferência)
→ 3 c.sopa de sementes a gosto (usei uma mistura de sementes de girassol, abóbora e linhaça)
→ 300g de água morna
→ 1 c.sopa de açúcar
→ 2 c.sopa de óleo
→ 1 c.chá de sal
→ 10g de fermento de padeiro seco (usei da marca Okedo que encontrei à venda no Makro, se conseguirem encontrar, recomendo vivamente, é excelente)

Preparo - Modo Tradicional:
1) Dissolver o fermento e o açúcar na água morna. Deixar repousar cerca de 10 minutos.
2) Misturar as farinhas, juntar a água com o fermento e o açúcar, o óleo e o sal até obter uma massa. Amassar depois numa bancada, cerca de 10 minutos. Juntar por fim as sementes e envolver bem.
3) Deixar a massa repousar numa tigela untada, por pelo menos um hora (ou até dobrar de volume)     - em local morno.
4) Pré-aquecer o forno a 210ºC.
5) Depois do repouso, remover o ar da massa, e com as mãos enfarinhadas, dar a forma desejada ao pão, dispondo-o sobre um tabuleiro de forno forrado com papel vegetal. No meu caso, fiz um pão em formato oval e dei-lhe alguns golpes alternados, para obter um aspecto mais rústico.
6) Levar o tabuleiro ao forno, colocando num fundo do forno uma tigela (no meu caso usei duas forma de queques) com água - o único cuidado a ter é o de usar uma tigela que aguente as temperaturas altas do forno. Deixar cozer por cerca de 30 minutos.

Preparo - Com robot de cozinha:
1) Colocar no copo o fermento, o açúcar e a água e programar 1 minuto, 37ºC, velocidade 1. Deixar repousar cerca de 10 minutos.
2) Juntar as farinhas, o óleo, as sementes e o sal e programar 4 minutos, velocidade espiga.
3) Deixar a massa repousar numa tigela untada, por pelo menos um hora (ou até dobrar de volume)     - em local morno.
4) Pré-aquecer o forno a 210ºC.
5) Depois do repouso, remover o ar da massa, e com as mãos enfarinhadas, dar a forma desejada ao pão, dispondo-o sobre um tabuleiro de forno forrado com papel vegetal. No meu caso, fiz um pão em formato oval e dei-lhe alguns golpes alternados, para obter um aspecto mais rústico.
6) Levar o tabuleiro ao forno, colocando num fundo do forno uma tigela (no meu caso usei duas forma de queques) com água - o único cuidado a ter é o de usar uma tigela que aguente as temperaturas altas do forno. Deixar cozer por cerca de 30 minutos.





10 comentários:

  1. Minha querida, a escolha não me surpreende! É muito difícil resistir a uma bela fatia de pão! É então quando está quente com manteiga dos Açores, ai, nem quero pensar! Ficou tão lindo! Tenho saudades dos tempos que a minha mãe fazia pão em casa. Eu também faço, mas ela fazia em forno de lenha que torna todo o processo mais mágico e o sabor é assim qualquer coisa...! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Que bom aspeto!
    A ver se compro farinha de alfarroba para experimentar este pão!

    ResponderEliminar
  3. Fiquei a babar a sério! Uma fatia desse pão com manteiga....que maravilha!!

    Beijinhos Ana

    ResponderEliminar
  4. Eu aceito essa fatia! :) Gosto muito do sabor da alfarroba no pão e o teu está tão lindo. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  5. Que rico pão,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  6. Lindo. Eu fui das que votei no pão. Porque gosto muito de alfarroba. 😊
    Adorei e vou experimentar em breve. Tal como tu também adoro fazer pão é o cheirinho que perfuma a nossa casa é impagável.
    Também uso esses truques. Resultam mesmo. O da água então faz mesmo diferença. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Nossa que interessante! Quero muito fazer esse pao! Seu blog tem receitas muito maravilhosas e saudáveis.
    Amei seu blog. Vem me fazer uma visitinha!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderEliminar
  8. Tem um aspecto maravilhoso!!
    Só hoje reparei que ainda não seguia o blog!
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.eu/

    ResponderEliminar
  9. E eu votei nesse pãozinho!!!
    Que lindo que ficou, tenho de experimentar :)
    Um beijinho
    Cláudia

    ResponderEliminar

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)