Bimby,

Tarte rápida de pêra, ricota e mel

10:42:00 Ana Filipa Costa 4 Comments


As minhas criações culinárias começam usualmente com base num ou dois ingredientes.

Numa das minhas idas ao supermercado, trouxe uma embalagem de queijo ricota, que tinha inicialmente pensado usar para rechear um tortellinis.
Já em casa, vi que o cesto de fruta estava bem composto de pêras que recebi do cabaz semanal, decidi então que faria uma sobremesa com pêra e ricota.

O resultado foi uma tarte bem simples e modesta, daquelas sobremesas que se preparam num instantinho, não é muito doce e é deliciosa!

Para simplificar a minha vida, usei uma base de massa quebrada já pronta (costumo ter sempre uma embalagem destas no frigorífico para desenrascar refeições rápidas), mas se quiserem podem fazer a vossa própria base de massa.

Com o fim-de-semana à porta, um docinho (quase sem culpa) sabe mesmo bem!😊

Ingredientes:
➮ 1 base de massa quebrada já pronta
➮ 150g de amêndoa pelada, torrada e ralada
➮ 150g de queijo ricota
➮ 3 ovos
➮ 1 c.sopa generosa de canela em pó + qb para decorar
➮ 100g de mel + 1b para decorar
➮ 3 pêras descascadas e descaroçadas
➮ açúcar em pó para decorar

Preparo - Modo Tradicional:
1) Forrar uma tarteira com a massa quebrada e reservar (a tarteira que uso é anti-aderente logo não a costumo untar, se usar uma que não seja anti-aderente, deverá untar com manteiga e um pouco de farinha antes de forrar com a massa).
2) Misturar todos os ingredientes com excepção da pêra, com uma vara de arames até obter um preparado homogéneo e cremoso.
3) Verter o preparado sobre a tarteira forrada com a massa quebrada.
4) Sobre a massa, dispor as pêras cortadas em gomos e sobre elas verter um fio de mel.
5) Levar ao forno a 180ºC (não necessita pré-aquecer), até que a superfície da tarte fique dourada e o recheio firme ao toque (cerca de 30 minutos).
6) Deixar arrefecer completamente antes de desenformar.
7) Polvilhar com açúcar e canela em pó a gosto.

Preparo - Com robot de cozinha:
1) Forrar uma tarteira com a massa quebrada e reservar (a tarteira que uso é anti-aderente logo não a costumo untar, se usar uma que não seja anti-aderente, deverá untar com manteiga e um pouco de farinha antes de forrar com a massa).
2) Se não tiver a amêndoa moída ,usar o robot de cozinha para o fazer, colocando a amêndoa pelada e torrada no copo e programando 15 segundos, velocidade 9.
3) Juntar todos os ingredientes com excepção da pêra e programar 30 segundos, velocidade 4.
4) Verter o preparado sobre a tarteira forrada com a massa quebrada.
5) Sobre a massa, dispor as pêras cortadas em gomos e sobre elas verter um fio de mel.
6) Levar ao forno a 180ºC (não necessita pré-aquecer), até que a superfície da tarte fique dourada e o recheio firme ao toque (cerca de 30 minutos).
7) Deixar arrefecer completamente antes de desenformar.
8) Polvilhar com açúcar e canela em pó a gosto.



 

4 comentários:

  1. Oh Ana...que aspecto maravilhoso!! Fiquei a babar! Amo tartes com pêra. Esta deve ser tão boa...

    Um beijinho*
    Marlene

    ResponderEliminar
  2. As pêras ficam excelentes em tartes, esta ficou linda.
    A fatia esta uma tentação.
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Ficou muito bonita e com muito bom aspeto. Excelente partilha. Beijinhos

    ResponderEliminar

Agradeço a tua visita e comentário!
Espero ver-te por aqui mais vezes :)